Processos de tratamento de água – Parte 2

Processos de tratamento de água – Parte 2

FLUORETAÇÃO

O flúor e seus sais, tem se revelado notável no fortalecimento da dentina, pois transforma a hidroxiapatita que ela contém, em flúorapatita, muito mais resistente a ação de microorganismos. Os produtos mais utilizados para a fluoretação são o fluorsilicato de sódio ou ácido fluorsilícico, aplicados na concentração de 0,7g/m3, aproximadamente..

Estações de tratamento de esgoto e águas residuais:

GRADEAMENTO

Os esgotos e águas residuais são forçados a passar através de grades metálicas, que retêm latas, papéis, plásticos e uma quantidade de objetos que, em seguida são transportados como lixo para aterros sanitários.

CAIXAS DE AREIA

Nestas, o material passa com velocidade reduzida, de modo a permitir que areia, terra e partículas minerais se precipitem, sem consumo de oxigênio. No sistema australiano, estes são profundos, principalmente no centro.

DECANTAÇÃO PRIMÁRIA

Em grandes tanques de decantação pela ação da gravidade, são sedimentadas matérias sólidas no fundo do recipiente, enquanto o líquido decantado escoa ou tranborda, lentamente. O material sedimentado no fundo é o lodo primário e o líquido que transborda contém somente compostos orgânicos e minerais em solução aquosa. O lodo formado é tratado em biodigestores anaeróbios.

LAGOAS DE ESTABILIZAÇÃO

A água que escoou ou transbordou, sofre ação de microorganismos fotossintetizantes, as algas. Um grande número de algas se desenvolve utilizando os nutrientes existentes e a luz solar. Os nutrientes resultam da própria decomposição dos compostos orgânicos, feita pelos decompositores que respiram o oxigênio produzido pelas algas. A lagoa tem que ser rasa, no máximo 2 m, a fim de garantir a penetração da luz solar, permitindo a fotossíntese.

LAGOA DE CAPTAÇÃO

Numa última lagoa, o processo continua, já com água de pureza aceitável, que depois é devolvida aos mananciais.

DESSALINIZAÇÃO DA ÁGUA DO MAR

Recebe também o nome de dessalgamento. É um processo utilizado para transforma a água do mar em água potável – sendo removidos apenas os sais em excesso. Os processos mais utilizados são:

EVAPORAÇÃO

CONTINUA NA PARTE 3

VOLTAR PARTE 1

Postagens que valem a pena conferir:


portugues-cc

logo-conteudo

arquivologia-cc

 

 

 

 


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *