Característica da banca organizadora Consulplan

Característica da banca organizadora Consulplan

Conhecer a característica de cada banca, como ela aborda e cobra as matérias e seus critérios de correção te ajudarão a direcionar seus estudos. Você deve decifrar como elas pensam, pois conhecer a banca é tão importante quanto os estudos.

Resolvi então fazer uma série de postagens que mostra as características de cada banca.

Pesquisei em vários sites de referência e especialistas de concursos e separei para você o que tem de melhor da internet.

Nesta postagem estarei falando sobre  a banca Consulplan.

Caso queira conhecer as características de outras bancas, tenho postagens com as seguintes bancas:

Logo Consulplan - Acesso à Home Page

A Consulplan é uma empresa privada e é conhecida por já ter aplicado provas de concursos públicos em todo o país, atendendo, em sua grande maioria, a concursos das prefeituras. Mas provas como a dos Correios e da Aeronáutica já foram aplicadas por ela. Agora está fazendo de tribunais como o TJMG ( Tribunal de Justiça de Minas Gerais e TRF 2ª Região ES/RJ e Policia militar do Pará.

A abordagem utilizada pela Consulplan é bem didática, não exigindo muito conhecimento acerca de atualidades. Inclusive, costuma cobrar textos curtos e pequenos, não requisitando muita leitura do candidato. Os textos geralmente são retirados de jornais e de poemas.

Destaca-se no perfil desta banca examinadora a literalidade de conteúdos legais, o que pede do candidato o conhecimento das lei exigidas nos editais, como é exemplo a lei 8.666 de 1993. Mas é na prova de português que está a mais marcante das características desta banca examinadora: com textos bem selecionados e questões pertinentes e claras, é fundamental que o candidato tenha afinidade com o perfil da banca, daí sugiro a resolução de provas anteriores.

Em matérias como matemática, informática e outras que exijam uma noção de um objeto ou imagem, não espere por figuras: o candidato terá que interpretar o enunciado.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: a banca costuma cobrar todos os conteúdos do edital. Estude todos os assuntos!

OBJETIVIDADE: as perguntas da prova costumam ser diretas e objetivas.

DECOREBA: é muito comum encontrar a cobrança de conceitos, o que beneficia os candidatos com maior capacidade de memorização.

IMAGENS ILUSTRATIVAS: são poucas as figuras utilizadas nas questões da prova, ficando a interpretação a cargo do candidato.

PORTUGUÊS:

Abordagem: Gramática normativa. Textos pequenos.

Características: Não contextualiza a cobrança dos conhecimentos gramaticais ou contextualiza pouco.

Temas recorrentes: Sociologia e direitos humanos. (O Globo e textos poéticos).

O que cobra: Colocação pronominal, pontuação, período simples e composto, acentuação e ortografia, uso de vocábulo, crase.

A característica mais marcante das provas da Consulplan está nas provas de Português: textos bem selecionados e questões pertinentes e claras. No entanto, os textos costumam ser curtos, sendo muitas vezes, retirados de jornais ou poemas.

– LEGISLAÇÃO: nas disciplinas de Direito, a organizadora pede a chamada “lei seca”, com cópias literais da Constituição Federal e demais legislações que sejam cobradas no edital. As provas não costumam cobrar doutrina ou jurisprudência.

DIREITO ADMINISTRATIVO

Doutrina: Pouco

Jurisprudência: Pouco ou nada

Lei seca (texto legal): Muito

Autores mais citados: Hely Lopes e Maria Sylvia Zanella Di Pietro

DIREITO CONSTITUCIONAL

Doutrina: Pouco

Jurisprudência: Pouco

Constituição Federal “seca”: Muito

Autores mais citados: Alexandre de Moraes

INFORMÁTICA

Conteúdo mais cobrado: Periféricos componentes básicos, hardware.

Grau de dificuldade da questão: Baixo/fácil

Destaque a ser dado pelo candidato: Componentes básicos de micro computador

Normalmente são questões fáceis, com perguntas mais voltadas para o dia a dia do usuário de computador.

 

Fontes: O Globo/ Espaço jurídico/ Gran cursos/

 

One Response »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *