Menu fechado

Funções administrativas: Controle

APOSTILA PARA ESCRIVÃO DE POLÍCIA  PC-PR  2018

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS CONCURSO ADAF-AM 2018

APOSTILAS para todos os cargos concurso SED MS 2018

CONTROLE

O controle é a 4ª função administrativa. Depois de planejar, organizar e dirigir, é necessário controlar para definir os padrões de desempenho, monitorar, comparar e se necessário, implantar ação corretiva para assegurar o cumprimento dos objetivos.

Esta diretamente ligada ao planejamento nesta função deve ser avaliada os progressos da empresa em seus objetivos e feitas as devidas correções (ação corretiva) para garantir que os resultados sejam satisfatórios, os principais pontos da função de controle são:

Necessário para medir e avaliar o desempenho organizacional

Dinâmico e contínuo

Engloba todas as vertentes da organização

 

fases do controle:

estabelecimento dos objetivos ou padrões de desempenho

avaliação ou mensuração do desempenho atual

comparação do desempenho atual com os objetivos ou padrões estabelecidos

tomada de ação corretiva para corrigir os possíveis desvios ou anormalidades

Teoria clássica de Fayol “ Controlar é Certifica-se de que tudo ocorra de acordo com as regras estabelecidas e as ordens dadas. Conforme os planos, instruções e princípios”.

Segundo Daft, 1999 os administradores devem certificar-se de que a empresa esteja caminhando rumo ao alcance dos objetivos traçados.

Controlar é encontrar meios para se ter certeza de que o desempenho planejado seja realmente atingido, (MEGGINSON, MOSLEY E PIETRI, JR., 1998).

 

Objetivos da Função de Controle

O controle como função administrativa tem como objetivos:

 Corrigir as falhas ou erros considerando todas as fases do processo administrativo, ou seja, o planejamento, a organização e a direção, indicando medidas de correção;

Prevenir novas falhas ou erros, sugerindo meios de se evita-los no futuro.

A importância do controle está em se assegurar o cumprimento do que foi planejado e o alcance dos objetivos propostos, garantindo-se que as atividades foram realizadas conforme o que foi planejado e de acordo com as ordens transmitidas.

 

Princípios Gerais de Administração Aplicados ao Controle

Dentre os princípios gerais de Administração CHIAVENATO (1993), cita 04 como sendo aplicados ao controle:

1) Princípio de Garantia do Objetivo:

O controle deve contribuir para o alcance dos objetivos, identificando e localizando as falhas ou distorções existentes nos planos indicando as correções a serem feitas para que se alcancem os objetivos.

2) Princípio da Definição dos Padrões:

O controle deve estar baseado em padrões objetivos, ou seja, de desempenho e de qualidade, objetivamente colocados e precisamente estabelecidos.

3) Princípio da Exceção:

O administrador deve preocupar-se mais com as coisas que andam mal, ou seja, os desvios importantes do que com as situações normais, concentrando os esforços de controle para os desvios e as exceções.

4) Princípio da Ação:

O controle deve indicar providências para a correção dos desvios identificados, sendo que ele só se justifica quando proporciona esse tipo de ação para as falhas apontadas.

Fontes: Concursos deti, Concurseira, Portal Educação

Caso queira completar seus estudos veja também as outras funções administrativas : Funções Administrativas: planejamento, organização, direção e controle

E para ficar bem afiado faça questões de concursos comentadas

APOSTILAS para todos os cargos concurso SED MS 2018

APOSTILA DO MPU 2018 ESPECIALIDADE ADMINISTRAÇÃO

CONFIRA AQUI AS MELHORES APOSTILAS DO MERCADO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *