Menu fechado

Entendimento da estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios

Entendimento da estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios

Bom antes de colocar a matéria algumas explicações devem ser colocadas, para que você entenda o que estão pedindo. No Brasil há uma mania de mudarem as coisas só para complicar, não sei se é a elite intelectual que quer aparecer ou se é mania de grandeza. fizeram a mesma coisa com o Enem e agora vira e mexe fazem em concursos. Mudam os termos e o aluno que se vire; colocam termos genéricos que força o concurseiro a estudar um monte de matérias desnecessárias e como são genéricos os examinadores fazem do jeito que quiserem.

Componentes de um computador: hardware e software

Componentes de um computador: hardware e software

HARDWARE

O que é Hardware?

Hardware é a parte física de um computador, é formado pelos componentes eletrônicos, como por exemplo, circuitos de fios e luz, placas, utensílios, correntes, e qualquer outro material em estado físico, que seja necessário para fazer com o que computador funcione.

Geralmente os computadores básicos incluem o gabinete, o monitor, o teclado e o mouse. No entanto, você pode conectar diferentes tipos de dispositivos. Quando falamos em configuração básica estamos falando do que esta dentro do gabinete, principalmente o processador, memória e capacidade do HD. Tudo que se conecta neste gabinete externamente é considerado os periféricos.

Lei Federal nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento)

Lei Federal nº 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento).

Entrou em vigor no dia 23 de dezembro  de 2003 e foi regulamentada pelo decreto 5123 de 1º de julho de 2004           

Dispõe sobre registro, posse e comercialização de armas de fogo e munição, sobre o Sistema Nacional de Armas – Sinarm, define crimes e dá outras providências.

Sugiro dar uma lida direto na Lei Federal nº 10.826/2003, pois pode ser pedido algo bem específico na prova. Não deixe de ver o vídeo no final do artigo.

Critérios de textualidade: coerência e coesão

Critérios de textualidade: coerência e coesão

COESÃO:

Palavras como preposições, conjunções e pronomes possuem a função de criar um sistema de relações, referências e retomadas no interior de um texto; garantindo unidade entre as diversas partes que o compõe. Essa relação, esse entrelaçamento de elementos no texto recebe o nome de Coesão Textual.

Há, portanto, coesão, quando seus vários elementos estão articulados entre si, estabelecendo unidade em cada uma das partes, ou seja, entre os períodos e entre os parágrafos.

Tal unidade se dá pelo emprego de conectivos ou elementos coesivos, cuja função é evidenciar as várias relações de sentido entre os enunciados.

Identificação de tipos textuais: narrativo, descritivo e dissertativo

Identificação de tipos textuais: narrativo, descritivo e dissertativo

Tipos textuais: São composições linguísticas que têm como característica a predominância de certas estruturas sintáticas, tempos e modos verbais, classes gramaticais, combinações etc., de acordo com sua função e intencionalidade no interior do gênero textual. 

Gênero textual: São as espécies de textos efetivamente produzidos em nosso cotidiano, cumprindo funções em situações comunicativas e que apresentam características gerais comuns — como forma, estrutura linguística e assunto — facilmente identificáveis.

Direitos Humanos para concursos 2018

Direitos Humanos para concursos 2018

Coloquei todas as matérias do site sobre Direitos Humanos aqui para facilitar a localização.

Elas estão exatamente igual como são pedidas nos concursos e em ordem alfabética.

Conceito de racismo institucional

Convenção Americana de Direitos Humanos.

Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes.

Lei Federal nº 4.898/1965 (Abuso de Autoridade)

Lei Federal nº 4.898/1965 (Abuso de Autoridade)

LEI Nº 4.898, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1965 que regula o Direito de Representação e o processo de Responsabilidade Administrativa Civil e Penal, nos casos de abuso de autoridade.

Objeto da Lei:

O direito de representação e o processo de responsabilidade administrativa civil e penal, contra as autoridades que, no exercício de suas funções, cometerem abusos, são regulados pela presente lei.

 

O direito de representação será exercido por meio de petição:

Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes – Questões comentadas

Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes – Questões comentadas

QUESTÃO 1 sobre Direitos Humanos e a Convenção contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos e Degradantes
Ano: 2018 Banca: VUNESP Órgão: PC-SP Prova: Escrivão de Polícia
A Convenção Contra a Tortura e outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes dispõe, expressamente, que cada Estado Parte assegurará, em seu ordenamento jurídico, à vítima de um ato de tortura, direito

A a ter proteção especial para depor como testemunha contra seu ofensor, com direito aos meios e condições suficientes para viver em lugar seguro custeado pelo Estado.

B à reparação e a uma indenização justa e adequada, incluindo os meios necessários à sua mais completa reabilitação possível.

C a obter indenização justa e em dinheiro por parte do ofensor e uma pensão mensal a ser suportada pelo próprio Estado.

D a obter a devida justiça com o julgamento do seu ofensor e que este seja compelido a reparar os danos causados.

E a receber assistência legal, psicológica, social e financeira do poder público e do próprio ofensor para refazer sua vida em todos os seus aspectos.

RESPOSTA QUESTÃO 1

Conforme o ARTIGO 14:

  1. Cada Estado Parte assegurará, em seu sistema jurídico, à vítima de um ato de tortura, o direito à reparação e a uma indenização justa e adequada, incluídos os meios necessários para a mais completa reabilitação possível. Em caso de morte da vítima como resultado de um ato de tortura, seus dependentes terão direito à indenização.
  2. O disposto no presente Artigo não afetará qualquer direito a indenização que a vítima ou outra pessoa possam ter em decorrência das leis nacionais.

Podemos analisar também que o Estado não tem obrigação de custear meios para viver no lugar (item A) e indenizar em dinheiro mensalmente (item C). O agressor também não será forçado (compelido) a reparar o dano causado. Mesmo que a justiça estipule pena ou prestação pecuniária, a mesma se converterá respectivamente em nome inserido na dívida ativa ou prisão. Não receberá assistência financeira do poder público em todos os aspectos e sim somente no aspecto afetado (item E).

RESPOSTA QUESTÃO 1 LETRA B

Conteúdos para estudar ALEGO 2018

Conteúdos para estudar ALEGO 2018

Cargo:  DIVERSOS CARGOS    Inscrições:  de 18/11/2018 a 27/12/2018

Data da Prova:  27/01/2019 Nível médio        Data da Prova:  22/01/2019 Nível superior

Organizadora:  IADES

Apostilas para o concurso ALEGO 2018:

Analista Legislativo (conteúdo Comum a Todas As Categorias)

Diversos Cargos de Nível Médio (comum a Todos)

Policial Legislativo

ATENÇÃO: Estarei atualizando conteúdos de Nível Médio.

DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

(A) GRUPO I

A.1 Língua Portuguesa.

Conteúdos para estudar ALBA 2018

Cargos: Vários      Inscrições:  de 29/10/2018 a 16/11/2018         Organizadora:  FGV

Data da Prova:  16/12/2018         EDITAL

APOSTILAS PARA ALBA 2018:

Apostila para os Cargos de Nível Superior – Comum a Todos (exceto Procurador e Auditor)

Apostila para Técnico Legislativo – Administrativa

Apostila para Técnico Legislativo – Agente de Polícia Legislativa

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO