Menu fechado

Mês: julho 2017

Sequências (com números, com figuras, de palavras)

Sequências (com números, com figuras, de palavras)

O raciocínio pode ser considerado um dos integrantes dos mecanismos dos processos cognitivos superiores da formação de conceitos e da solução de problemas, sendo parte do pensamento.

Trazendo inúmeras possibilidades e várias abordagens, vamos nos deter hoje a um tema específico que é o Raciocínio Sequencial ou Lógica Sequencial ou até mesmo Sequências lógicas.

Os nomes são diversos mas a finalidade é a mesma, descobrir um PADRÃO para sequências, sejam elas numéricas, entre objetos, figuras, letras, pessoas, etc.

Algo similar ao Raciocínio sequencial são os testes psicotécnicos aplicados em algumas entrevistas de emprego, que se utilizam de sequências lógicas, para avaliar características de personalidade; habilidades específicas requeridas pelo cargo; nível de raciocínio lógico e memória dos candidatos. Os mesmos são interpretados somente por psicólogos, pois visam a avaliação de características psicológicas no momento em que são aplicados.

Legislação para concursos 2018

Coloquei então todas as matérias como são pedidas nos concursos. E em ordem alfabética.

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

Abraços e bons estudos!

Busca e pesquisa na internet

Busca e pesquisa na internet

O surgimento da World Wide Web e o conceito de arquivos hipermídia conectados entre si trouxe uma sobrecarga de informações disponíveis mas não facilmente acessadas por um ser humano comum. Uma edição de um jornal de grande circulação contém mais informações do que um ser humano do século 17 receberia em toda a sua vida, por exemplo. Esta grande “base de dados” tem sido utilizada por diversas empresas e organizações para obter informações que não conseguiriam obter de outra forma. No entanto, diferente dos sistemas de bancos de dados comuns, estas informações não estão organizadas e disponibilizadas de forma eficiente para o público comum. Os métodos de busca na Web tem servido de base para a área de Recuperação de Informações que serve tanto para uso na rede como para recuperação de informações em uma rede específica.

Buscadores Web

Sistemas especializados em buscar dados de sites e arquivos disponibilizados na Web. 

Os dados recuperados nestas buscas são armazenados em bancos de dados, que posteriormente servirão para consulta por parte do usuário final através das técnicas comuns de bancos de dados. Inicialmente, os primeiros sites de “busca” não faziam esta busca de forma automática: a inserção de sites era feita de forma manual através de profissionais humanos. Em geral, para um site ser detectado era necessário a visita deste profissional de forma espontânea ou através de um cadastro feito pelo profissional do site. Logicamente, este tipo de busca trazia sérias limitações o que levou às tentativas de automatização do processo de indexação dos conteúdos de arquivos na Web.

Neste sentido foram desenvolvidos os search engines (mecanismos de busca) que são programas cujas funções incluem:

Identificar uma página de internet;

Extrair os dados dos documentos (isto é, fazem uma cópia dos dados dos documentos);

Armazenar os dados obtidos em um banco de dados;

Grupo de discussão

Grupo de Discussão

Nome dado a uma plataforma de Internet que permite que um grupo de pessoas possam discutir assuntos de interesse entre si.

O termo engloba diversos tipos de tecnologia como:

fóruns online,

listas de discussão,

listas de endereços eletrônicos

grupos de discussão.

O foco destes tipos de tecnologias é estruturar a discussão sob a forma  “um para muitos”, i.e., uma mensagem postada no grupo de discussão pode ser lida e respondida por todos os membros do grupo. Diferencia-se, assim, do bate-papo online (chat) que, em geral, é estruturado no formato “um para um”. Grupos de discussão também arquivam as discussões realizadas para consulta futura e enfatiza a discussão de temas específicos ao invés de trocas pessoais de mensagens.

Os grupos de discussão são um dos principais recursos na Internet para pesquisa de dúvidas diversas: mesmo não sendo membro de um determinado grupo de discussão, em geral, os grupos mantém um histórico de discussões anteriores que podem servir como uma referência para um  assunto específico. Um exemplo prático é o Stack Overflow em Português, que armazena discussões sobre conteúdos de programação e que é aberto para consulta pública.

Estrutura básica de um grupo de discussão

Em geral, um grupo de discussão é criado através da instalação de uma plataforma conveniente em um servidor apropriado ou pela inscrição em um serviço online de discussão (tal como o Google Grupos, Yahoo Grupos e afins), que oferecem uma página na Web para cadastro do grupo.

Inicialmente uma pessoa deve ser responsável por cadastrar o grupo desejado, escolhendo um nome e fazendo as configurações apropriadas. Esta pessoa é chamada de administrador (ou gerente) e possui como função gerenciar o grupo, tendo plenos poderes inclusive para deletar o grupo de discussão se necessário. Diversas configurações estão disponíveis ao administrador:  determinar que as mensagens do grupo não sejam lidas por pessoas não cadastradas no grupo, determinar quem pode ou não se inscrever no grupo de discussão, as regras que o grupo de discussão deve seguir, selecionar outras pessoas para serem administradores, etc. Além disto, o administrador é responsável por manter o bom andamento do grupo de discussão: não raro, o administrador pode excluir ou penalizar usuários que não atendam às políticas do grupo.

A inscrição em um grupo de discussão pode ocorrer por convite ou por inscrição. No caso do convite, em geral, a maioria dos grupos de discussão permite ao administrador enviar, para uma lista de e-mails desejados, convites para participação no grupo. Em outros casos, uma pessoa pode solicitar a inscrição no grupo diretamente. Conforme as configurações iniciais estabelecidas pelo administrador, a pessoa pode entrar automaticamente no grupo de discussão após solicitar a inscrição ou “ser aprovada” pelo administrador antes de participar.

As discussões podem ocorrer em diversas formas diferentes: nos fóruns de discussão, quando um membro deseja falar sobre um assunto específico, ele entra na página do seu grupo com login e senha, e insere um novo tópico de discussão. Ao submeter o tópico de discussão, qualquer outro membro que queira responder, deverá entrar no tópico criado inicialmente e responder ao assunto. Como isto é feito continuamente, para cada tópico cria-se uma lista de mensagens relacionadas vinculadas ao tópico em questão. Exemplos de fóruns de discussão podem ser visualizados no Fórum do Guia do Hardware ,

Nos casos das listas de discussão, não há necessidade do usuário entrar na página do grupo. Após a inscrição inicial, toda vez que o usuário quiser criar um novo tópico de discussão, ele deve enviar sua mensagem por e-mail para o endereço de e-mail do grupo. De forma automática, o sistema cria o tópico. Para responder ao tópico, basta responder ao e-mail em questão enviado pelo membro, e automaticamente o sistema vai ordenando os tópicos. Um exemplo de lista de discussão é o Mailing List da Wikimedia Brasil e os diversos grupos alocados no Google Grupos, por exemplo.

Fonte: RBW tecnologia

E você, qual o concurso você vai fazer? Deixe um comentário para mim, pois posso fazer postagens direcionadas para ele e te ajudar mais. Aproveita também para inscrever seu e-mail para receber conteúdos todos os dias.

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

Conceito  de  Internet  e  Intranet. 

Ferramentas  e  aplicativos  de  navegação,  de  correio  eletrônico,

Informática completo para concursos 2018

Informática para concursos 2018

Coloquei então todas as matérias como são pedidas nos concursos. E em ordem alfabética.

Acesso à distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo e multimídia

Acesso remoto

Aplicativos de áudio, vídeo e multimídia

Apostila Word 2007

Apostila Excel 2007

Apostila PowerPoint 2007

Apostila Word 2010

Apostila Excel 2010

Apostila PowerPoint 2010

Aplicativos e procedimentos de Internet e intranet

Aplicativos para segurança: Antivírus, Firewall, antispyware

Arquitetura básica de computadores: hardware; Componentes e funções; Unidade central de Processamento; Memória ROM, RAM, cache, tipos e tamanhos de memória; Dispositivos de entrada e saída e de armazenamento de dados; Impressoras, teclado, mouse, disco rígido, pendrives, scanner, plotter, discos ópticos; Conectores; Barramentos: especificação de equipamentos.

Aspectos de Segurança dos Sistemas Computacionais: qualificações de acesso, chaves e senhas, vírus e antivírus, procedimentos de “backup”

Banco de dados

Busca e pesquisa na internet

Chaves e senhas

Comunicação através de Redes Computacionais: recursos necessários e mecanismos de comunicação; programas de transferência e arquivos

Conceitos básicos do hardware, periféricos de um microcomputador e software;

Conceitos básicos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações: ambiente Microsoft Office 2013 e LibreOffice versão 4.1 ou superiores. 

Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet, Intranet   e    redes de computadores

Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet.

Conceitos de Internet e intranet.

Conceitos de organização e de gerenciamento de arquivos, pastas e programas. 

Conceitos de proteção e segurança da informação

Conceitos de proteção e segurança da informação. Vírus, worms e outros tipos de malware. 

Conceitos e comandos de editor de textos.

Conceitos e comandos de planilha eletrônica;

Conceitos e modalidades de processamento (batch x offline x online x real time x time sharing).

Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório Microsoft Office.

conceitos e modos de utilização de ferramentas Internet Explorer;

Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a internet/intranet.

Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10.  Windows 7       e         Windows 10 

Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática.

Conceitos e modos de utilização do sistema operacional Windows 10 

Conceitos e procedimentos de proteção e segurança para a segurança da informação.

Conceitos relacionados à Intranet e Internet

Conceitos, serviços  e tecnologias   relacionadas à  Intranet, Internet  e a correio  
eletrônico.

conhecimentos de instalação e manutenção de redes de computadores;

Conhecimentos de proteção e segurança de sistemas;

Conhecimento e utilização dos principais softwares utilitários (compactadores de arquivos, chat, clientes de e-mails, reprodutores de vídeo, visualizadores de imagem, antivírus).

Cópias de segurança/backup

Correio eletrônico/e-mail

Correio Eletrônico: Microsoft Outlook 2013

Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos.

Correio eletrônico (webmail e Mozilla Thunderbird)

Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office).

Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice).

Edição de textos, planilhas e em ambiente Windows.

Edição e formatação de textos

Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais

Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico,  de grupo de discussão, de busca e pesquisa.

Grupo de discussão

Hardware: Conceitos básicos; Periféricos; Meios de armazenamento de dados; Processadores.

Hardware: Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes.

Identificação e manipulação de arquivos.

Informática: Conceitos e fundamentos básicos.

Informática: Instalação

Instalação

Internet e Intranet

Internet Explorer versões 9 e 11,

Lixeira: remoção e recuperação de arquivos e de pastas

Mensageria eletrônica: conceito e utilização;

Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes

Microsoft Outlook 2013

Microsoft Word e Excel 2010 e 2013.

MS-Windows 7

MS-Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área
de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e
aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2007, MS-office 2010

MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de
trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus,
programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010.

Noções básicas de segurança da informação e proteção: vírus, worms e
outros tipos de malware.

Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados

Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 

Noções de hardware e de software para o ambiente de microinformática.

Noções de informática: conceitos e fundamentos básicos.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos básicos de informática, componentes funcionais de computadores (hardware)

Noções de segurança e proteção: vírus, worms e derivados. 

Noções  de  sistema  operacional  (ambiente  Windows  7)

Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows)

Noções  de  sistema  operacional  (ambiente  Windows,  versões  7,  8  e  10).

Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais

Noções dos ambientes Microsoft Office e BROffice

Noções relativas a softwares livres

Outlook 2013

Pacote Microsoft Office.

Procedimentos, aplicativos, dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup).

Procedimentos de Backup 

Procedimentos de segurança.

Program de correio eletrônico: MS Outlook

Programas de correio eletrônico (Outlook Express e Mozilla Thunderbird).

Programas de navegação

Programas de navegação: Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares.

Redes de computadores

Redes sociais (Twitter, Facebook, Google+, linkedin)

Segurança da Informação: Procedimentos de Segurança

Sistema Operacional Windows 7.

Sistemas operacionais: Windows e LINUX

Sistemas operacionais: Windows XP/  windows 7,   software e hardware. 

Sítios de busca e pesquisa na Internet.

Software e Hardware

Software: software básico; Noções de Sistemas Operacionais; Utilitários; Antivírus;

Transferência de informação e arquivos

utilização e manutenção de hardwares e softwares;

Vírus e antivírus

Voz sobre IP: conceito e utilização

Windows 7

Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área
de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e
aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2007, MS-office 2010

Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de
trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus,
programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010.

Windows XP

Windows XP/7BR: ambiente gráfico

Sintaxe

Sintaxe

A sintaxe é a parte da gramática que estuda a posição que as palavras ocupam numa oração, analisando a estrutura da frase. Estuda também as relações que as palavras estabelecem entre si e a relação que existe entre as diversas orações que compõem um período.A Sintaxe é uma das partes da Gramática na qual são estudadas as disposições das palavras nas orações, nos períodos, bem como a relação lógica estabelecida entre elas. Ao emitir uma mensagem verbal, o emissor procura transmitir um significado completo e compreensível. Para isso, as palavras são relacionadas e combinadas entre si.  A sintaxe é um instrumento essencial para o manuseio satisfatório das múltiplas possibilidades que existem para combinar palavras e orações

Estudo da relação entre os termos da oração

Termos acessórios da oração: adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto e vocativo.

Termos essenciais da oração: tipos de sujeito, tipos de predicado, predicativo do sujeito e do objeto.

Termos integrantes da oração: objeto direto, objeto indireto, agente da passiva.

Estudo da relação entre as orações

Sintaxe do período simples e composto

Período composto por coordenação

Período composto por subordinação

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

Concurso público PM-AP 2017 Conteúdo Programático

Concurso público PM-AP 2017 Conteúdo Programático

Cargo: Soldado

Nível: Superior

Inscrições:  de 10/07/2017 a 31/07/2017

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Prova: 20/08/2017

Edital

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Língua Portuguesa

Domínio da ortografia oficial.

Emprego da acentuação gráfica.

Emprego dos sinais de pontuação.

Flexão nominal e verbal.

Pronomes: emprego, formas de tratamento e colocação.

Divisão silábica

Esta matéria também poderá ser pedida na seguinte forma:

Acentuação das palavras: regras gerais relacionadas à tonicidade

Sílaba e tonicidade

Divisão silábica

Sílaba

A palavra amor está dividida em grupos de fonemas pronunciados separadamente: a – mor. A cada um desses grupos pronunciados numa só emissão de voz dá-se o nome de sílaba. Em nossa língua, o núcleo da sílaba é sempre uma vogal: não existe sílaba sem vogal e nunca há mais do que uma vogal em cada sílaba. Dessa forma, para sabermos o número de sílabas de uma palavra, devemos perceber quantas vogais tem essa palavra. Atenção: as letras i e u (mais raramente com as letras e e o) podem representar semivogais.

Classificação das palavras quanto ao número de sílabas

– Monossílabas: possuem apenas uma sílaba. Exemplos: mãe, flor, lá, meu;

Dissílabas: possuem duas sílabas. Exemplos: ca-fé, i-ra, a-í, trans-por;

Trissílabas: possuem três sílabas. Exemplos: ci-ne-ma, pró-xi-mo, pers-pi-caz, O-da-ir;

– Polissílabas: possuem quatro ou mais sílabas. Exemplos: a-ve-ni-da, li-te-ra-tu-ra, a-mi-ga-vel-men-te, o-tor-ri-no-la-rin-go–lo-gis-ta.