Menu fechado

Mês: julho 2018

Inquérito policial: Conceito

Inquérito policial: Conceito

Inquérito policial é o procedimento administrativo inquisitório e preparatório presidido pela autoridade policial, consistente em um conjunto de diligências que objetivam a identificação das fontes de provas e colheita de elementos de informação quanto à autoria e materialidade do delito, a fim de possibilitar que o titular da ação penal (membro do Ministério Público ou ofendido – nas ações penais privadas –) possa ingressar em juízo.

Fique bem informado!!

CONCURSOS ABERTOS EM TODO O BRASIL COM ATUALIZAÇÃO DIÁRIA       CONCURSOS NACIONAIS

AC     AL     AM     AP    BA     CE     DF     ES     GO     MA     MG     MS    MT     PA     PB     PE     PI     PR     RJ     RN     RO     RR     RS     SC     SE     SP    TO

ÚLTIMAS POSTAGENS:

QUESTÕES COMENTADAS:

Questões comentadas de Ética para o serviço público MPU 2018

Questões comentadas de Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo

Questões comentadas de Protocolo: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos.

Questões comentadas de Funções Administrativas: planejamento, organização, direção e controle

CONCURSOS COM MATÉRIAS SENDO ATUALIZADAS NO SITE:

ADAF-AM 2018      AGU 2018   

BNB – 2018  

IFES – 2018     

PC-MG 2018     PC-PR – 2018     PM-RR – 2018           

SEAD-AP           SED-MS 2018       SEDUC-CE – 2018           

TJ-PR – 2018       

UNIR-RO 2018

MATÉRIAS PARA CONCURSOS

AS APOSTILAS MAIS ACESSADAS

Química: conceitos fundamentais de matéria, corpo, objeto, energia e temperatura

Química: conceitos fundamentais de matéria, corpo, objeto, energia e temperatura.

 

Conceitos fundamentais

Matéria

É tudo aquilo que tem massa (indica a quantidade de matéria que existe em um corpo)  e preenche um lugar no espaço e com isso, tem um volume (indica a extensão de espaço ocupado por um corpo).

Ex.: Madeira e água.

Propriedades da matéria

São três: Propriedades Gerais, funcionais e específicas.

 

Propriedades gerais

São as propriedades específicas de matéria.

Massa: É a quantidade de matéria de um corpo ou objeto.(mede a inércia de um corpo)

Volume: Mede a extensão ocupada por um corpo.

Funções Administrativas: Organização

Funções Administrativas: Organização

A administração é uma atividade executada por pessoas que possibilita alcançar o objetivo de uma organização previamente definido, de forma eficaz com maior eficiência.

Funções Administrativas:(PODC): Planejamento, Organização, Direção e Controle.

Para conhecer as funções de um administrador de empresas, entenda o que cada função administrativa significa.

Nesta postagem abordarei a função administrativa Organização

ORGANIZAÇÃO

A função de organizar compreende várias fases, como a elaboração dos níveis hierárquicos e definição das estruturas organizacionais. Pode ser definida como a ordenação dos recursos materiais e recursos humanos visando atingir os objetivos estabelecidos, o Organograma da empresa é definido nessa função administrativa, este serve para representação da estrutura da empresa, estrutura departamental, deixando claros os níveis hierárquicos.

A organização como função administrativa complementa a função de Planejamento, preparando uma estrutura interna para tornarem mais eficientes no desempenho das tarefas.

Organograma

Organograma é um gráfico que representa visualmente a estrutura organizacional de uma instituição ou empresa. O principal propósito deste modelo estrutural é apresentar a hierarquização e as relações entre os diferentes setores da organização.

organograma empresarial pode ser apresentado de diversas maneiras, sendo o modelo vertical um dos mais populares. Neste caso, cada órgão da instituição é representado com os respectivos responsáveis pelos setores, organizados de forma hierárquica, sendo os postos mais altos localizados no topo da estrutura, seguidos por seus respectivos subordinados.

Exemplo:

Organograma funcional

O principal objetivo do organograma é ajudar a esclarecer dúvidas sobre a organização da empresa, seja para os próprios membros da empresa, para parceiros, fornecedores ou clientes.

Os primeiros organogramas teriam surgido em meados do século XIX, autoria do engenheiro ferroviário Daniel Craig McCallum, considerado um dos pioneiros a organizar os princípios modernos de gerenciamento.

Fonte: https://www.significados.com.br/organograma/

Estrutura Organizacional

A estrutura organizacional se refere a forma como as atividades de uma entidade, são ordenadas para permitir que os objetivos sejam alcançados. As estruturas organizacionais basicamente tentam minimizar ou controlar a influência das variações individuais sobre a organização, bem como minimizar as consequências indesejáveis da divisão do trabalho.

A estrutura organizacional constitui uma cadeia de comando, ou seja, uma linha de autoridade que interliga as posições da organização e define quem se subordina a quem. A cadeia de comando – também denominada cadeia escalar – baseia-se no princípio da unidade de comando, que significa que cada empregado deve se reportar a um só superior.

Para aprofundar sobre os tipos de estruturas organizacionais recomendo ver a seguinte postagem que está bem completa: Características das organizações formais: tipos de estrutura organizacional, natureza, finalidades e critérios de departamentalização

No processo de gestão a Função Organização cumpre relevante papel, na medida em que possibilita o uso racional dos recursos disponíveis, em busca do alcance de objetivos de maneira eficiente e com eficácia.

A Função Administrativa Organização pode ser analisada sob as óticas estrutural, dos recursos e do processo operacional.

x Na dimensão estrutural, a Função Administrativa Organização, está relacionada à definição de estrutura gerencial alinhada ou convergente com a estratégia organizacional. Ou seja, determina quais as funções e atividades que necessitam ser definidas e programadas para que as atividades fins possam ser realizadas e os resultados alcançados sejam satisfatórios, possibilitando a melhor utilização dos recursos produtivos alocados no processo.

x Na dimensão relacionada aos recursos produtivos, a Função Administrativa Organização, está relacionada ao dimensionamento, contratação, alocação e acompanhamento, avaliação dos capitais humanos – operacional, intermediário, gerencial e diretivo; dos capitais financeiros – próprios e de terceiros; dos recursos tecnológicos de produção – máquinas, equipamentos, programas, aplicativos, sistemas de informações gerenciais e produtivos; dos recursos naturais necessários ao processo produtivo – insumos extraídos da terra, fontes energéticas naturais ou não; enfim, a grade de recursos que possibilitará o funcionamento da Organização de produção, de acordo com os objetivos pré-definidos.

x Após a definição da estrutura de produção e dos recursos necessários ao seu funcionamento, o gestor deverá organizar o processo operacional, ou seja, agrupar as atividades, dividir o trabalho em tarefas, distribuir as tarefas entre as áreas que integram a estrutura, observando critérios de competências e habilidades técnicas, e atribuir responsabilidades, prazos, metas e objetivos para cada uma das unidades que integram a estrutura organizacional.

Caso queira completar seus estudos veja também as outras funções administrativas : Funções Administrativas: planejamento, organização, direção e controle

E para ficar bem afiado faça questões de concursos comentadas

Inquérito policial: Natureza

Inquérito policial: Natureza

De acordo com Renato Brasileiro (2015), trata-se de um procedimento de natureza instrumental, porquanto se destina a esclarecer os fatos delituosos relatados na notícia de crime, fornecendo subsídios para o prosseguimento ou o arquivamento da persecução penal. De seu caráter instrumental sobressai sua dupla função: a) preservadora: a existência prévia de um inquérito policial inibe a instauração de um processo penal infundado, temerário, resguardando a liberdade do inocente e evitando custos desnecessários para o Estado; b) preparatória: fornece elementos de informação para que o titular da ação penal ingresse em juízo, além de acautelar meios de prova que poderiam desaparecer com o decurso do tempo.

Inquérito policial: Histórico

Inquérito Policial: Histórico

Na Grécia Antiga, entre os atenienses, existia uma prática investigatória para apurar a probidade individual e familiar daqueles que eram eleitos magistrados.

Já entre os romanos, conhecidos como “inquisitio”, era uma delegação de poderes dada pelo magistrado à vítima ou familiares para que investigassem o crime e localizassem o criminoso, acabando se transformando em acusadores.

Anos após, a “inquisitio” atinge melhoras no seu procedimento e também ao acusado, concedendo-lhe poderes para investigar elementos que pudessem inocentá-lo.

Crimes contra a Administração Pública

Tratados no Código Penal a partir do título XI, estão separados em crimes cometidos por funcionários e crimes cometidos por particulares contra a administração pública.

CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

CRIMES PRATICADOS POR FUNCIONÁRIO PÚBLICO CONTRA A ADMINISTRAÇÃO EM GERAL

Peculato: Apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio; Pena – reclusão, de dois a doze anos, e multa.

Flexão nominal e verbal – Questões

Exercícios de Flexão nominal:

1. (FCC) A frase em que a flexão verbal e a nominal estão em total concordância com o padrão culto escrito é:

a) Sei que ele remoe a ideia de que sua cônjuge possa ter dificuldades durante sua ausência, por isso ele proviu a família do necessário antes de viajar.
b) Se ele não se comprouvesse, seria diferente, mas, como soe acontecer, ele imediatamente se prontificou a organizar a exéquia do soldado morto em ação.
c) Isto constitue verdade inconteste: ele sempre obstrói as negociações, mesmo quando se desenvolvem apoiadas em legítimos abaixo-assinados.
d) Peça-lhe que remedie a falta de conforto que gerou ao distribuir indiscriminadamente os salvo-condutos disponíveis, e, se ele não se dispor a fazê-lo, avise-nos.
e) Se ele antevir os problemas que possam decorrer de sua ousadia, ou se reouver o juízo, certamente não será uma vítima do próprio atrevimento.

 

2. (CESGRANRIO) Assinale o par de vocábulos que formam o plural como órfão e mata-burro, respectivamente:

a) cristão / guarda-roupa

b) questão / abaixo-assinado

c) alemão / beija-flor

d) tabelião / sexta-feira

e) cidadão / salário-família

 

3. (BB) Não varia no plural:
a) tique-taque
b) guarda-comida
c) beija-flor
d) pára-lama
e) cola-tudo
4. (ETF-SP) Assinalar a forma correta do plural de “O cristão vê, no cesto, apenas um peixinho e um pãozinho”:
a) Os cristãos vêem nos cestos apenas uns peixinhos e uns pãezinhos.
b) Os cristões vêm nos cestos apenas uns peixinhos e uns pãezinhos.
c) Os cristãos vêm nos cestos apenas uns peixinhos e uns pãozinhos.
d) Os cristãos vêem nos cestos apenas uns peixinhos e uns pãozinhos.
e) Os cristães vêem nos cestos apenas uns peixinhos e uns pãozinhos.
5. (SÃO JUDAS) O plural de blusa verde-limão, calça azul pavão e blusão vermelho-cereja é:
a) blusas verde-limões, calças azul-pavões, blusões vermelho-cerejas
b) blusas verde-limões, calças azul-pavões, blusões vermelhos-cerejas
c) blusas verde-limão, calças azul-pavão, blusões vermelho-cereja
d) blusas verde-limão, calças azuis-pavão, blusões vermelhas-cereja
e) blusas verde-limão, calças azuis-pavão, blusões vermelho-cereja
Resposta questão 1: E
Resposta questão 2: A
Resposta questão 3: E
Resposta questão 4: A
Resposta questão 5: C

Quer saber sobre Flexão nominal e verbal CLIQUE AQUI!!

Flexão nominal e verbal

Flexão nominal e verbal:

O que é uma flexão nominal e verbal?

São morfemas (pedaço mínimo para expressar um significado) colocados no final das palavras para indicar que elas podem flexionar tanto nos nomes como nos verbos.

O ato de flexionar é mudar de forma, ou seja, a flexão nominal varia a forma dos nomes e a flexão verbal varia a forma dos verbos.

 

FLEXÃO NOMINAL

Flexão nominal é o estudo do gênero e número dos substantivos, adjetivos, numerais e pronomes.

Essencialmente é o estudo do plural e gêneros dos nomes.

Ex.: Mala e malas ou cachorro e cachorra

 

FLEXÃO NOMINAL DE GÊNERO:

Os substantivos masculinos são precedidos pelo artigo “o”.

Ex. O cachorro ou o piloto.

Os substantivos femininos são precedidos pelo artigo “a”.

Ex.: A cachorra ou a pilota.

Formação do feminino:

Substantivos masculinos terminados em “o” substitui  por “a”:

Ex.: piloto por pilota

Substantivos masculinos terminados em “ão” substitui  por “ã”:

Ex.: o Anão por a anã ou o capitão por a capitã.

Substantivos masculinos terminados em “r” acrescenta a letra “a”:

Ex.: o cantor por a cantora

Pode acontecer em que substantivos masculinos terminados em “or” substitui por “eira”:

Ex.: O arrumador por a arrumadeira.

Tem substantivo que terminado em “e” mudam para “a” no feminino

Ex.: Elefante por elefanta

Substantivo terminado com “ês”, “L” ou “z” acrescenta o “a” no feminino.

Ex.: Freguês fica freguesa

Conforme o sentido da frase pode ser feminino ou masculino.

Ex.: A capital (cidade); o capital (dinheiro)

 

FLEXÃO NOMINAL DE NÚMEROS

Os nomes, geralmente admitem a flexão de número: Singular e plural.

Uma das coisas mais importante para fixar conteúdos é fazer questões.Então não deixe de fazer!!QUESTÕES DE FLEXÃO NOMINAL

 

FLEXÃO VERBAL

 

Das classes de palavras a que tem mais flexões é a do Verbo.

Os verbos sofrem flexão em modo, tempo, número e pessoa.

 

Modo:

Mostra em que contexto acontece o verbo.

Temos:

Modo indicativo – A pessoa que fala tem certeza do que tá dizendo.

Ex.: Eu vou assistir ao jogo hoje.

Modo subjuntivo – A pessoa que fala tem dúvidas sobre o que tá dizendo.

Ex.: Espero que você jogue bem hoje a noite

Modo imperativo – A pessoa fala uma ordem ou faz um pedido.

Ex.: Pare de dizer estas besteiras!

 

Tempo:

São ações que podem ocorrer no passado (pretérito), presente ou futuro.

No passado temos o pretérito: Perfeito, imperfeito, mais que perfeito, perfeito composto do indicativo e mais que perfeito composto do indicativo, imperfeito do subjuntivo e o mais que perfeito composto do subjuntivo.

No presente temos o presente do indicativo e o presente do subjuntivo.

No futuro temos futuro: do presente do indicativo, do pretérito do indicativo, do presente composto do indicativo, do pretérito composto do indicativo, do subjuntivo e o composto do subjuntivo.

 

Número:

Singular ou plural

Eu preciso estudar (singular)

Nós precisamos estudar (plural)

 

Pessoa:

1ª pessoa: Eu e nós. Seria a pessoa que esta falando

2ª pessoa: Tu e vós. Seria a pessoa com quem se esta falando

3ª pessoa: ele e eles. Seria a pessoa de quem estão falando.

 

Uma das coisas mais importante para fixar conteúdos é fazer questões.Então não deixe de fazer!! QUESTÕES DE FLEXÃO VERBAL