Menu fechado

História dos negros no Brasil: luta antirracista, conquistas legais e desafios atuais. Parte 2

COMBO CARREIRA BANCÁRIA COM 9 APOSTILAS POR APENAS R$ 28,90 CLIQUE AQUI!!

TSE Unificado - APOSTILA COM 300 QUESTÕES DE PORTUGUÊS GABARITADAS E MAIS DUAS DE BRINDE POR APENAS R$19,90 APROVEITE!!

 

História dos negros no Brasil: luta antirracista, conquistas legais e desafios atuais. Parte 2

 

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Conquistas legais e desafios atuais

Conquistas legais

Constituição de 1988:

Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;

II – garantir o desenvolvimento nacional;

III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

XLII – a prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei;

Na Constituição de 1988 no artigo 68 dos atos das disposições transitórias diz:

Aos remanescentes das comunidades dos quilombos que estejam ocupando suas terras é reconhecida a propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-lhes os títulos respectivos.

Lei 7668 22/08/1988

A Lei 7668 22/08/1988 autoriza o Poder Executivo a constituir a Fundação Cultural Palmares e promover e apoiar eventos relacionados com os seus objetivos, inclusive visando à interação cultural, social, econômica e política do negro no contexto social do país;

Lei 7716 de 05/01/1989:

A Lei 7716 de 05/01/1989 define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.

Art. 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.

Art. 2º-A Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro, em razão de raça, cor, etnia ou procedência nacional.

Pena: reclusão, de 2 (dois) a 5 (cinco) anos, e multa.

Parágrafo único. A pena é aumentada de metade se o crime for cometido mediante concurso de 2 (duas) ou mais pessoas.

Lei 9459 de 13/05/1997

A Lei 9459 de 13/05/1997 altera os arts. 1º e 20 da Lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, e acrescenta parágrafo ao art. 140 do Decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940.

Art. 140 do Decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro definindo as penas.

Lei 10639 9/01/2003

A Lei 10639 9/01/2003 altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas ou particulares, desde o ensino fundamental até o ensino médio. A  lei também instituiu a data de 20 de novembro como o Dia da Consciência Negra no calendário escolar.

Lei 12288 20/07/2010

COMBO CNU - 2024 COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$ 29,90 - SAIA NA FRENTE!!

TSE Unificado - APOSTILA COM 300 QUESTÕES DE PORTUGUÊS GABARITADAS E MAIS DUAS DE BRINDE POR APENAS R$19,90 APROVEITE!!

A Lei 12288 20/07/2010 institui o Estatuto da Igualdade Racial; altera as Leis nos 7.716, de 5 de janeiro de 1989, 9.029, de 13 de abril de 1995, 7.347, de 24 de julho de 1985, e 10.778, de 24 de novembro de 2003.

Art. 1° Esta Lei institui o Estatuto da Igualdade Racial, destinado a garantir à população negra a efetivação da igualdade de oportunidades, a defesa dos direitos étnicos individuais, coletivos e difusos e o combate à discriminação e às demais formas de intolerância étnica.

Parágrafo único. Para efeito deste Estatuto, considera-se:

I – discriminação racial ou étnico-racial: toda distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada em raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica que tenha por objeto anular ou restringir o reconhecimento, gozo ou exercício, em igualdade de condições, de direitos humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou em qualquer outro campo da vida pública ou privada;

II – desigualdade racial: toda situação injustificada de diferenciação de acesso e fruição de bens, serviços e oportunidades, nas esferas pública e privada, em virtude de raça, cor, descendência ou origem nacional ou étnica;

III – desigualdade de gênero e raça: assimetria existente no âmbito da sociedade que acentua a distância social entre mulheres negras e os demais segmentos sociais;

IV – população negra: o conjunto de pessoas que se autodeclaram pretas e pardas, conforme o quesito cor ou raça usado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ou que adotam autodefinição análoga;

V – políticas públicas: as ações, iniciativas e programas adotados pelo Estado no cumprimento de suas atribuições institucionais;

VI – ações afirmativas: os programas e medidas especiais adotados pelo Estado e pela iniciativa privada para a correção das desigualdades raciais e para a promoção da igualdade de oportunidades.

Lei nº 12.519 de 10/11/2011

A Lei nº 12.519 de 10/11/2011 institui o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, a ser comemorado, anualmente, no dia 20 de novembro, data do falecimento do líder negro Zumbi dos Palmares.

Lei n° 12711 de 29/08/2012

A Lei n° 12711 de 29/08/2012, que dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências, diz em seu artigo 1°:

Art. 1º As instituições federais de educação superior vinculadas ao Ministério da Educação reservarão, em cada concurso seletivo para ingresso nos cursos de graduação, por curso e turno, no mínimo 50% (cinquenta por cento) de suas vagas para estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas.

Parágrafo único. No preenchimento das vagas de que trata o caput deste artigo, 50% (cinquenta por cento) deverão ser reservadas aos estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1 (um) salário-mínimo per capita.

Art. 3º Em cada instituição federal de ensino superior, as vagas de que trata o art. 1º desta Lei serão preenchidas, por curso e turno, por autodeclarados pretos, pardos, indígenas e quilombolas e por pessoas com deficiência, nos termos da legislação, em proporção ao total de vagas no mínimo igual à proporção respectiva de pretos, pardos, indígenas e quilombolas e de pessoas com deficiência na população da unidade da Federação onde está instalada a instituição, segundo o último censo da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Lei 12990 de 9/06/2014

A Lei 12990 de 9/06/2014, reserva aos negros 20% (vinte por cento) das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos e empregos públicos no âmbito da administração pública federal, das autarquias, das fundações públicas, das empresas públicas e das sociedades de economia mista controladas pela União.

Desafios atuais

O antirracismo é uma forma de ação contra o ódio, preconceito racial, racismo sistêmico e a opressão estrutural de grupos marginalizados racialmente e etnicamente.

Vamos citar alguns desafios atuais para combater o racismo:

Acesso a educação igual para todos

Promoção de campanhas de conscientização sobre a questão racial

Implementação de políticas públicas para a inclusão social

Cotas tanto no ensino como no mercado de trabalho

Inserir na cultura geral como autores negros, artistas negros, brinquedos como bonecas e bonecos negros.

Garantir diversidade em espaços de ensino e pesquisa, a fim de combater as desigualdades.

Combater o racismo institucional.

Implementação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, em função do recuo da sociedade no que diz respeito às questões étnico-raciais e da não inclusão do racismo como determinante social.

VOLTAR PARA A PARTE 1

COMBO INSS COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$ 26,90 COMECE A SE PREPARAR!!!

TSE Unificado - APOSTILA COM 300 QUESTÕES DE PORTUGUÊS GABARITADAS E MAIS DUAS DE BRINDE POR APENAS R$19,90 APROVEITE!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *