Menu fechado

Categoria: Informática

Programa  de  correio  eletrônico:  MS  Outlook

Microsoft Outlook é um software da Microsoft, integrante do pacote Microsoft Office. Diferentemente do Microsoft Outlook Express, que é usado basicamente para receber e enviar e-mail, o Microsoft Outlook além das funções de e-mail, ele é um calendário completo, onde você pode agendar seus compromissos diários, semanais e mensais. Ele traz também um rico gerenciador de contatos, onde você pode além de cadastrar o nome e e-mail de seus contatos, todas as informações relevantes sobre os mesmos, como endereço, telefones, Ramo de atividade, detalhes sobre emprego, Apelido, etc. Oferece também um Gerenciador de tarefas, as quais você pode organizar em forma de lista, com todos os detalhes sobre determinada atividade a ser realizada. Conta ainda com um campo de anotações, onde ele simula aqueles post-its, papeis amarelos pequenos autoadesivos. Utilizado geralmente no sistema operacional Windows.

Programas  de  navegação:  Mozilla  Firefox  e  Google Chrome

Após a conexão estabelecida com a internet, o próximo passo é usar um navegador para acessar as páginas que estão nos milhares de sites na web. Sem um navegador poderemos usar diversas aplicações na internet, mas não poderemos acessar os conteúdos da web.

O que é um navegador

Um navegador é um programa de computador desenhado para fazer requisições (chamadas) de páginas na web, receber e processar essas páginas. Quando digitamos o endereço de um site ou página na barra de endereços, o navegador enviar uma chamada à procura da página solicitada. Se houver uma resposta positiva, ou seja, se a página for encontrada, então, ele faz a leitura do conteúdo da página e mostra para o usuário.

Acesso remoto

Acesso remoto

O acesso remoto oferece aos usuários finais a capacidade de acessar recursos na rede corporativa a partir de uma localização distante. A função mais comum do acesso remoto é habilitar os empregados que estão viajando ou trabalhando à distância para que possam se conectar à rede da empresa e acessar recursos como aplicativos internos, intranet, serviços de e-mail e compartilhamento de arquivos.

No passado, o acesso remoto era um serviço que as empresas forneciam através de modems de discagem. Para evitar a despesa com chamadas interurbanas ou linhas gratuitas, as empresas começaram a adotar métodos de acesso remoto que aproveitavam as redes públicas na Internet. A evolução da tecnologia de Internet levou a um crescimento paralelo no acesso remoto, com opções mais adaptáveis e seguras.

Redes privadas virtuais

Busca e pesquisa na internet

Busca e pesquisa na internet

 

No Brasil os sites de busca mais utilizados são o Google que detêm mais de 90% do mercado e no segundo grupo bem lá atrás com média de 1% a 2% do mercado vem o Bing (Microsoft), Yahoo e Ask.

 

Mas o que é um site de busca?

 

Hoje na internet tem bilhões de informações e os buscadores são sites especializados em buscar uma informação no meio de um universo enorme grande de informações. Nele você digita uma palavra ou uma combinação de palavras e ele buscará esta informação.

Neste sites nós temos os mecanismos de busca (search engines) que são efetivamente os buscadores.

 

PESQUISA NA INTERNET

 

Este mecanismo de busca funciona da seguinte forma:

Ele faz uma busca em todos os sites procurando as palavras chaves que você digitou. Por mais eficiente que seja ele não consegue ler a internet inteira.

O buscador organiza tudo que encontrou levando em consideração a quantidade de links externos que acessaram determinada página, ou seja, quanto mais links melhor será seu posicionamento na busca.

A busca também pode ser ainda mais específico através de filtros como por imagem, vídeo, notícias, shopping dentre outras.

Basicamente todos nós utilizamos o Google para fazer pesquisas e abaixo coloquei duas observações que costuma cair em concursos.

 

Colocar palavras entre aspas:

 

Colocando entre aspas você localiza exatamente como esta escrita.

Ex.: “o filho chorou a noite” só aparecerão os sites que as frases estão exatamente assim.

Você pode colocar também palavras chaves entre aspas e colocar o sinal de mais(+) ou o de menos(-)

Ex.: “Concurso PRF”-“ensino médio” ; Você excluirá da pesquisa o ensino médio

“Concurso PRF”+“ensino médio” ; você incluirá também o ensino médio na pesquisa.

 

QUESTÃO DE CONCURSOS

Ano: 2018 

Banca: CESPE Órgão: FUB 

Julgue o item seguinte, a respeito da versão mais atual do programa de navegação Chrome e dos mecanismos de busca avançada no Google.

Em uma pesquisa por meio do Google, o uso da expressão “concurso fub” -“nível médio”, incluindo as aspas duplas, permite encontrar informações somente dos concursos de nível médio da FUB que estiverem disponíveis na Internet.

Certo

Errado

 

RESPOSTA: ERRADO

 

Especificar melhor a busca por imagem

 

Você pode ser mais específico na busca por imagem selecionando por tamanho, cor, se ela tem direito autoral, tipo (se quer foto, desenho ou animação) e tempo (qualquer dia ou dia específico).

Para habilitar esta função é só pesquisar por imagem e ir em ferramentas

QUESTÃO DE CONCURSOS

Ano: 2018 Banca: CESPE Órgão: FUB 

Julgue o item seguinte, relativo ao programa de navegação Internet Explorer 11 e aos mecanismos de busca avançada no Google.

O mecanismo de busca do Google permite encontrar imagens com base em diversos filtros, como, por exemplo, o tamanho e o tipo da imagem; contudo, não é possível pesquisar imagens por meio de sua(s) cor(es).

 

Certo

Errado

 

RESPOSTA: ERRADO

 

Para você ter uma noção ainda mais aprofundada sobre internet e intranet veja também os artigos abaixo:

Internet e intranet: Fundamentos

Conceitos de URL, links;

E-mails;

Navegadores (navegação, configuração, impressão de páginas);

Sites de busca;

Comunidades Virtuais (chats, fóruns, redes sociais e outros);

Navegação segura.

Grupo de discussão

Grupo de Discussão

Nome dado a uma plataforma de Internet que permite que um grupo de pessoas possam discutir assuntos de interesse entre si.

O termo engloba diversos tipos de tecnologia como:

fóruns online,

listas de discussão,

listas de endereços eletrônicos

grupos de discussão.

O foco destes tipos de tecnologias é estruturar a discussão sob a forma  “um para muitos”, i.e., uma mensagem postada no grupo de discussão pode ser lida e respondida por todos os membros do grupo. Diferencia-se, assim, do bate-papo online (chat) que, em geral, é estruturado no formato “um para um”. Grupos de discussão também arquivam as discussões realizadas para consulta futura e enfatiza a discussão de temas específicos ao invés de trocas pessoais de mensagens.

Os grupos de discussão são um dos principais recursos na Internet para pesquisa de dúvidas diversas: mesmo não sendo membro de um determinado grupo de discussão, em geral, os grupos mantém um histórico de discussões anteriores que podem servir como uma referência para um  assunto específico. Um exemplo prático é o Stack Overflow em Português, que armazena discussões sobre conteúdos de programação e que é aberto para consulta pública.

Estrutura básica de um grupo de discussão

Em geral, um grupo de discussão é criado através da instalação de uma plataforma conveniente em um servidor apropriado ou pela inscrição em um serviço online de discussão (tal como o Google Grupos, Yahoo Grupos e afins), que oferecem uma página na Web para cadastro do grupo.

Inicialmente uma pessoa deve ser responsável por cadastrar o grupo desejado, escolhendo um nome e fazendo as configurações apropriadas. Esta pessoa é chamada de administrador (ou gerente) e possui como função gerenciar o grupo, tendo plenos poderes inclusive para deletar o grupo de discussão se necessário. Diversas configurações estão disponíveis ao administrador:  determinar que as mensagens do grupo não sejam lidas por pessoas não cadastradas no grupo, determinar quem pode ou não se inscrever no grupo de discussão, as regras que o grupo de discussão deve seguir, selecionar outras pessoas para serem administradores, etc. Além disto, o administrador é responsável por manter o bom andamento do grupo de discussão: não raro, o administrador pode excluir ou penalizar usuários que não atendam às políticas do grupo.

A inscrição em um grupo de discussão pode ocorrer por convite ou por inscrição. No caso do convite, em geral, a maioria dos grupos de discussão permite ao administrador enviar, para uma lista de e-mails desejados, convites para participação no grupo. Em outros casos, uma pessoa pode solicitar a inscrição no grupo diretamente. Conforme as configurações iniciais estabelecidas pelo administrador, a pessoa pode entrar automaticamente no grupo de discussão após solicitar a inscrição ou “ser aprovada” pelo administrador antes de participar.

As discussões podem ocorrer em diversas formas diferentes: nos fóruns de discussão, quando um membro deseja falar sobre um assunto específico, ele entra na página do seu grupo com login e senha, e insere um novo tópico de discussão. Ao submeter o tópico de discussão, qualquer outro membro que queira responder, deverá entrar no tópico criado inicialmente e responder ao assunto. Como isto é feito continuamente, para cada tópico cria-se uma lista de mensagens relacionadas vinculadas ao tópico em questão. Exemplos de fóruns de discussão podem ser visualizados no Fórum do Guia do Hardware ,

Nos casos das listas de discussão, não há necessidade do usuário entrar na página do grupo. Após a inscrição inicial, toda vez que o usuário quiser criar um novo tópico de discussão, ele deve enviar sua mensagem por e-mail para o endereço de e-mail do grupo. De forma automática, o sistema cria o tópico. Para responder ao tópico, basta responder ao e-mail em questão enviado pelo membro, e automaticamente o sistema vai ordenando os tópicos. Um exemplo de lista de discussão é o Mailing List da Wikimedia Brasil e os diversos grupos alocados no Google Grupos, por exemplo.

Fonte: RBW tecnologia

E você, qual o concurso você vai fazer? Deixe um comentário para mim, pois posso fazer postagens direcionadas para ele e te ajudar mais. Aproveita também para inscrever seu e-mail para receber conteúdos todos os dias.

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

Conceito  de  Internet  e  Intranet. 

Ferramentas  e  aplicativos  de  navegação,  de  correio  eletrônico,

Informática completo para concursos 2019

Informática para concursos 2019

Coloquei então todas as matérias como são pedidas nos concursos. E em ordem alfabética.

Acesso à distância a computadores, transferência de informação e arquivos, aplicativos de áudio, vídeo e multimídia

Acesso remoto

Aplicativos de áudio, vídeo e multimídia

Apostila Word 2007

Apostila Excel 2007

Apostila PowerPoint 2007

Apostila Word 2010

Apostila Excel 2010

Apostila PowerPoint 2010

Aplicativos e procedimentos de Internet e intranet

Aplicativos para segurança: Antivírus, Firewall, antispyware

Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage).

Arquitetura básica de computadores: hardware; Componentes e funções; Unidade central de Processamento; Memória ROM, RAM, cache, tipos e tamanhos de memória; Dispositivos de entrada e saída e de armazenamento de dados; Impressoras, teclado, mouse, disco rígido, pendrives, scanner, plotter, discos ópticos; Conectores; Barramentos: especificação de equipamentos.

Arquitetura básica de computadores: unidade central, memória: tipos e tamanhos.

Aspectos de Segurança dos Sistemas Computacionais: qualificações de acesso, chaves e senhas, vírus e antivírus, procedimentos de “backup”

Atalhos de teclado

Banco de dados

Bancos Comerciais.

Big Data: conceito, premissas e aplicação.

Busca e pesquisa na internet

Chaves e senhas.

Cloud storage (armazenamento de dados na nuvem)

Componentes de um computador: hardware e software.

Computação na nuvem (cloud computing)

Comunicação através de Redes Computacionais: recursos necessários e mecanismos de comunicação; programas de transferência e arquivos

Comunidades Virtuais (chats, fóruns, redes sociais e outros);

conceitos básicos de operação com arquivos utilizando o Windows Explorer.

Conceitos básicos do hardware, periféricos de um microcomputador e software;

Conceitos básicos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações: ambiente Microsoft Office 2013 e LibreOffice versão 4.1 ou superiores. 

Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados à Internet, Intranet   e    redes de computadores

Conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet.

Conceitos de Internet e intranet.

Conceitos de organização e de gerenciamento de arquivos, pastas e programas. 

Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas

Conceitos de proteção e segurança da informação

Conceitos de proteção e segurança da informação. Vírus, worms e outros tipos de malware. 

Conceitos de URL, links;

Conceitos e comandos de editor de textos.

Conceitos e comandos de planilha eletrônica;

Conceitos e modalidades de processamento (batch x offline x online x real time x time sharing).

Conceitos e modos de utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas e apresentações utilizando-se a suíte de escritório Microsoft Office.

conceitos e modos de utilização de ferramentas Internet Explorer;

Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a internet/intranet.

Conceitos e modos de utilização de sistemas operacionais Windows 7 e 10.  Windows 7       e         Windows 10 

Conceitos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática.

Conceitos e modos de utilização do sistema operacional Windows 10 

Conceitos e procedimentos de proteção e segurança para a segurança da informação.

Conceitos fundamentais de internet, intranet e redes de computadores

Conceitos relacionados à Internet; correio eletrônico.

Conceitos relacionados à Intranet e Internet

Conceitos, serviços  e tecnologias   relacionadas à  Intranet, Internet  e a correio  
eletrônico.

conhecimentos de instalação e manutenção de redes de computadores;

Conhecimentos de proteção e segurança de sistemas;

Conhecimento e utilização dos principais softwares utilitários (compactadores de arquivos, chat, clientes de e-mails, reprodutores de vídeo, visualizadores de imagem, antivírus).

Cópias de segurança/backup

Correio eletrônico/e-mail

Correio Eletrônico: Microsoft Outlook 2013

Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos.

Correio eletrônico (webmail e Mozilla Thunderbird)

Dispositivos de entrada e saída e de armazenamento de dados.

Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office).

Edição de textos, planilhas e apresentações (ambientes Microsoft Office e BrOffice).

Edição de textos, planilhas e em ambiente Windows.

Edição e formatação de textos

E-mails

Ferramentas e aplicativos comerciais de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca, de pesquisa e de redes sociais

Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico,  de grupo de discussão, de busca e pesquisa.

Grupo de discussão

Hardware: Conceitos básicos; Periféricos; Meios de armazenamento de dados; Processadores.

Hardware: Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes.

Ícones

Identificação e manipulação de arquivos.

Impressoras, teclado, mouse, disco rígido, pendrives, scanner, plotter, discos ópticos.

Informática: Conceitos e fundamentos básicos.

Informática: Instalação

Informática: tipos de arquivos

Instalação

Internet e Intranet

Internet e intranet: Fundamentos

Internet Explorer versões 9 e 11,

Internet: navegação na Internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

Lixeira: remoção e recuperação de arquivos e de pastas

Mensageria eletrônica: conceito e utilização;

Microcomputadores e periféricos: configuração básica e componentes

Microsoft Outlook 2013

Microsoft Word e Excel 2010 e 2013.

MS-Windows 7

MS-Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área
de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e
aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2007, MS-office 2010

MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de
trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus,
programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010.

Navegação segura

Navegadores (navegação, configuração, impressão de páginas);

Noções básicas de segurança da informação e proteção: vírus, worms e
outros tipos de malware.

Noções básicas de segurança e proteção: vírus, worms e derivados

Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação (Google Chrome, Firefox e Internet Explorer)

Noções básicas de ferramentas e aplicativos de navegação e correio eletrônico. 

Noções de Big Data: conceito, premissas e aplicação.

Noções de hardware e de software para o ambiente de microinformática.

Noções de informática: conceitos e fundamentos básicos.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceitos básicos de informática, componentes funcionais de computadores (hardware)

Noções de informática: conceitos básicos de operação com arquivos utilizando o Windows Explorer.

Noções de segurança e proteção: vírus, worms e derivados. 

Noções de sistema operacional (ambiente Windows).

Noções de sistema operacional (ambiente  Windows  7)

Noções de sistema operacional (ambientes Linux e Windows)

Noções  de  sistema  operacional  (ambiente  Windows,  versões  7,  8  e  10).

Noções de sistemas operacionais.

Noções de vírus, worms e outras pragas virtuais

Noções do ambiente Windows.

Noções dos ambientes Microsoft Office e BROffice

Noções relativas a softwares livres

Outlook 2013

Pacote Microsoft Office.

Pastas

Periféricos: impressoras, drivers de disco fixo (Winchester), disquete, CD-ROM.

Procedimentos, aplicativos, dispositivos para armazenamento de dados e para realização de cópia de segurança (backup).

Procedimentos de Backup 

Procedimentos de segurança.

Programa de correio eletrônico: MS Outlook

Programas de correio eletrônico (Outlook Express e Mozilla Thunderbird).

Programas de correio eletrônico (Microsoft Outlook e Mozilla Thunderbird)

Programas de navegação

Programas de navegação: Microsoft Internet Explorer, Mozilla Firefox, Google Chrome e similares.

Questões de concursos: Computação na nuvem (cloud computing) e Armazenamento de dados na nuvem (cloud storage)

Redes de computadores

Redes sociais (Twitter, Facebook, Google+, linkedin)

Segurança da Informação: Procedimentos de Segurança

Sistema Operacional Windows 7.

Sistemas operacionais: Windows e LINUX

Sistemas operacionais: Windows XP/  windows 7,   software e hardware. 

Sites de busca

Sítios de busca e pesquisa na Internet.

Software e Hardware

Software: software básico; Noções de Sistemas Operacionais; Utilitários; Antivírus;

tipos de arquivos

Transferência de informação e arquivos

utilização e manutenção de hardwares e softwares;

Vírus e antivírus

Voz sobre IP: conceito e utilização

Windows 7

Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área
de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e
aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2007, MS-office 2010

Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de
trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus,
programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010.

Windows XP

Windows XP/7BR: ambiente gráfico

Word 2013 – Formatos de arquivos

Comunicação através de Redes Computacionais: recursos necessários e mecanismos de comunicação; programas de transferência e arquivos

Comunicação através de Redes Computacionais: recursos necessários e mecanismos de comunicação; programas de transferência e arquivos

O que são Redes de Computadores?

Redes de Computadores refere-se a interconexão por meio de um sistema de comunicação baseado em transmissões e protocolos de vários computadores com o objetivo de trocar informações, além de outros recursos. Essa conexão é chamada de estações de trabalho (nós, pontos ou dispositivos de rede).

Por exemplo, se dentro de uma casa, existe um computador no quarto e outro na sala e estes estão isolados, eles não se comunicam. Mas, por outro lado, se houver um cabo coaxial interligando-os de forma que eles entrem em contato com a internet, temos uma rede.

Atualmente, existe uma interconexão entre computadores espalhados pelo mundo que permite a comunicação entre os indivíduos, quer seja quando eles navegam pela internet ou assiste televisão. Diariamente, é necessário utilizar recursos como impressoras para imprimir documentos, reuniões através de videoconferência, trocar e-mails, acessar às redes sociais ou se entreter por meio de jogos RPG, etc.

Alguns tipos de Redes de Computadores

Antigamente, os computadores eram conectados em distâncias curtas, sendo conhecidas como redes locais. Mas, com a evolução das redes de computadores, foi necessário aumentar a distância da troca de informações entre as pessoas. As redes podem ser classificadas de acordo com sua arquitetura (Arcnet, Ethernet, DSL, Token ring, etc.), a extensão geográfica (LAN, PAN, MAN, WLAN, etc.), a topologia (anel, barramento, estrela, ponto-a-ponto, etc.) e o meio de transmissão (redes por cabo de fibra óptica, trançado, via rádio, etc.). Veja alguns tipos de redes:

Vírus e antivírus

Vírus e antivírus

Em informática, um vírus de computador é um software malicioso que é desenvolvido por programadores geralmente inescrupulosos. Tal como um vírus biológico, o programa infecta o sistema, faz cópias de si e tenta se espalhar para outros computadores e dispositivos de informática.

A maioria das contaminações ocorre por ação do usuário. Um exemplo muito comum se dá por meio do download de arquivos infectados que são recebidos em anexos de e-mail’s. A contaminação também pode ocorrer de outras formas: acessando sites de procedência duvidosa ou ainda por meio de arquivos infectados em pendrives, CD’s, DVD’s ou qualquer outro tipo dispositivo de armazenamento de dados. Uma outra maneira de ter um dispositivo contaminado, seria por meio de um Sistema Operacional desatualizado, sem as devidas correções de segurança que visam barrar o acesso indevido destes softwares maliciosos que tentam entrar nas máquinas via Internet.

Existem vários tipos de vírus, alguns assim que alojados na máquina, agem instantaneamente. Outros procuram por informações específicas e ainda há outros que permanecem ocultos em determinadas horas ou até mesmo por dias. Estes, geralmente, entram em execução em horas ou datas específicas.

Tipos de vírus

Vírus de Boot

Um dos primeiros tipos de vírus conhecido, o vírus de boot infecta a parte de inicialização do sistema operacional. Assim, ele é ativado quando o disco rígido é ligado e o Sistema Operacional é carregado.

Time Bomb

Chaves e senhas

Chaves e Senhas

Chave:

Similar a uma senha, é utilizada como elemento secreto pelos métodos criptográficos. Seu tamanho é geralmente medido em quantidade de bits. As chaves de segurança fazem parte de um recurso extra de segurança.

De acordo com o tipo de chave usada, os métodos criptográficos podem ser subdivididos em duas grandes categorias: criptografia de chave simétrica e criptografia de chaves assimétricas.

Criptografia de chave simétrica: também chamada de criptografia de chave secreta ou única, utiliza uma mesma chave tanto para codificar como para decodificar informações, sendo usada principalmente para garantir a confidencialidade dos dados. Casos nos quais a informação é codificada e decodificada por uma mesma pessoa não há necessidade de compartilhamento da chave secreta. Entretanto, quando estas operações envolvem pessoas ou equipamentos diferentes, é necessário que a chave secreta seja previamente combinada por meio de um canal de comunicação seguro (para não comprometer a confidencialidade da chave). Exemplos de métodos criptográficos que usam chave simétrica são: AES, Blowfish, RC4, 3DES e IDEA.