Menu fechado

Categoria: Português

Estilística

A estilística é um recurso da linguística relacionado com o estilo da linguagem utilizada, tanto oral quanto escrita. É o estudo da variação da língua para atribuir às palavras e frases, sentidos emotivos e estéticos. A estilística trabalha com o contexto no qual as palavras se inserem para identificar os diversos sentidos. Através de recursos sintáticos, fonológicos e semânticos, os chamados recursos estilísticos, é possível ir além do significado literal das palavras, aumentando a emotividade da mensagem e sugestionando o interlocutor.

Figuras de linguagem

Semântica

Semântica é um ramo da linguística que estuda o significado das palavras, frases e textos de uma língua. Esta mesma matéria é pedida como significação contextual de palavras ou expressões ou como sentido e emprego dos vocábulos.

Ela é dividida em:

Descritiva ou sincrônica – a que estuda o significado atual das palavras.

Histórica ou diacrônica – a que estuda as mudanças que as palavras sofreram no tempo e no espaço.

 

Significação das palavras:

Leitura e Interpretação de textos

Leitura e interpretação de texto

Para uma boa leitura e interpretação de texto é necessário que o texto tenha coesão que é quando seus vários elementos estão articulados entre si, estabelecendo unidade em cada uma das partes, ou seja, entre os períodos e entre os parágrafos e a coerência que é a relação lógica entre as ideias, fazendo com que umas complementem as outras, não se contradigam e formem um todo significativo que é o texto, ou seja, A coerência textual resulta da relação harmoniosa entre as ideias apresentadas num texto.

Tenho quatro postagens bem interessantes para você aprofundar estes assuntos:

Morfologia

MORFOLOGIA

Trata-se do estudo a respeito da estrutura, formação e classificação das palavras isoladas de seu contexto e de suas funções nas orações e nos períodos.

O objetivo da Morfologia é estudar as palavras isoladas e não a partir da sua função na frase ou período, como ocorre com a Sintaxe.

Segundo uma análise morfológica, as palavras são divididas em dez classes gramaticais: substantivo, artigo, adjetivo, pronome, numeral, verbo, advérbio, preposição, conjunção e interjeição.

Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais

Articulação do texto: pronomes e expressões referenciais, nexos, operadores sequenciais.

Articulação do texto

As relações textuais são responsáveis pela execução do texto, por sua realização no plano da palavra e das ideias.

No processo de articulação do texto, deve estar presente a preocupação com a integração de dois eixos: a estrutura sintática e a estrutura semântica, que darão ao texto a configuração de “um feixe de conexões”. Nele, as partes se integram e formam um todo de significações que se “esclarecem reciprocamente”. 

Período simples e composto

Período simples e composto

Período é um enunciado formado por uma ou mais orações. Relembrando que oração é uma frase que possui verbo. Frase é qualquer enunciado com sentido completo, ou seja, tem significado. O período com uma única oração é chamado de período simples ou absoluto, já com mais de uma oração é chamado de período composto.

Período Simples apresenta apenas uma oração, a qual é chamada de oração absoluta. Enunciado de sentido completo, que contém apenas uma ação verbal.

Nunca mais encontrei  aquele livro.

Estrutura e Formação das palavras – Questões de concursos comentadas

Estrutura e formação das palavras – Questões comentadas

Questão 1

Ano: 2018 Banca: FGV Órgão: TJ-AL Prova: Técnico Judiciário – Área Judiciária

O item abaixo em que os dois vocábulos citados NÃO fazem parte da mesma família de palavras é:

a) falir / falência;

b) provir / provisão;

c) deter / detenção;

d) dispensar / dispensa;

e) fugir / fuga.

 

Questão 2

preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem

Preposição:

É a palavra invariável que liga dois termos entre si, estabelecendo relação de subordinação entre o termo regente e o regido. São antepostos aos dependentes (objeto indireto, complemento nominal, adjuntos e orações subordinadas). Divide-se em:

Essenciais (maioria das vezes são preposições): a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás;

Acidentais (palavras de outras classes que podem exercer função de preposição): afora, conforme (= de acordo com), consoante, durante, exceto, salvo, segundo, senão, mediante, visto (= devido a, por causa de) etc.

Gêneros literários

Gêneros literários

Gêneros literários são divisões feitas em obras literárias de acordo com características formais comuns, agrupando-as segundo critérios estruturais, contextuais e semânticos, entre outros.

os gêneros literários se dividem em três categorias básicas:

Gênero épico (palavra narrada), gênero lírico (palavra cantada) e o gênero dramático (palavra representada).

Gênero épico (narrativo):

Interpretação textual

Interpretação textual

Para uma boa interpretação de texto é necessário que o texto tenha coesão que é quando seus vários elementos estão articulados entre si, estabelecendo unidade em cada uma das partes, ou seja, entre os períodos e entre os parágrafos e a coerência que é a relação lógica entre as ideias, fazendo com que umas complementem as outras, não se contradigam e formem um todo significativo que é o texto, ou seja, A coerência textual resulta da relação harmoniosa entre as ideias apresentadas num texto.

Tenho quatro postagens bem interessantes para você aprofundar estes assuntos:

Concordância verbal e nominal

Concordância verbal e nominal

Concordância verbal

Na concordância verbal o verbo se flexiona para concordar com o sujeito gramatical. Esta flexão pode ser realizada em número (singular ou plural) e em pessoa (1.ª (eu), 2.ª(tu) ou 3.ª pessoa(ele)).

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Exemplo 1:

Eu gosto de chocolate

Eu está no singular

Verbo gostar também no singular

Exemplo 2:

Os técnicos escalaram os times.

Técnicos está no plural

Verbo escalar está no plural

Casos especiais de concordância verbal

CLIQUE PARA CONTINUAR

Modos de organização do texto: descrição, narração, exposição, argumentação, diálogo e esquemas retóricos (enumeração de ideias, relações de causa e consequência, comparação, gradação, oposição etc.)

Modos de organização do texto: descrição, narração, exposição, argumentação, diálogo e esquemas retóricos (enumeração de ideias, relações de causa e consequência, comparação, gradação, oposição etc.).

Modos de organização de texto:

Descrição:

Texto Descritivo

Os textos descritivos se ocupam de relatar e expor determinada pessoa, objeto, lugar, acontecimento. Dessa forma, são textos repletos de adjetivos, os quais descrevem ou apresentam imagens a partir das percepções sensoriais do locutor (emissor).

São exemplos de gêneros textuais descritivos: