Menu fechado

Locuções verbais (perífrases verbais)

COMBO CNU - 2024 COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$ 29,90 - SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 BLOCO 8 INTERMEDIÁRIO. SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 - Conhecimentos Gerais Blocos 1 ao 7 -SAIA NA FRENTE!!

 

Locuções verbais (perífrases verbais)

Este post foi atualizado: 30/08/2022

 

Ela também é chamada de conjugação perifrástica

 

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Ocorre uma locução verbal quando dois ou mais verbos aparecem juntos na frase, desempenhando o papel de um único verbo, ou seja, transmitindo apenas uma ação verbal (apenas um sentido).

As locuções verbais são formadas por um verbo auxiliar ou modal, mais um verbo principal.

O primeiro que poderá ser um verbo auxiliar que pode ser os verbos ser, haver, estar ou ter ou modal que poderá ser dever, ter, necessitar, precisar, querer, poder e etc…

O primeiro verbo que é o verbo auxiliar ou modal é flexionado, indicando o tempo, o modo, o número e a pessoa da ação verbal. O verbo principal aparece numa das formas nominais: gerúndio (ação acontecendo), infinitivo (futuro) ou particípio (passado).

Um verbo auxiliar modal é um verbo auxiliar que indica de forma mais determinada o modo como uma ação verbal ocorre.

 

Exs.:

Estou lendo o artigo.

Você deveria ouvir mais seus professores

 

Função dos verbos principais nas locuções verbais

Como disse, nas locuções verbais o verbo principal aparece apenas no gerúndio, no infinitivo ou no particípio.

 

Relembrando:

Gerúndio: Indica prolongamento da ação. A ação está acontecendo no momento que se fala.

COMBO CNU - 2024 COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$ 29,90 - SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 BLOCO 8 INTERMEDIÁRIO. SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 - Conhecimentos Gerais Blocos 1 ao 7 -SAIA NA FRENTE!!

COMBO CARREIRA BANCÁRIA COM 9 APOSTILAS POR APENAS R$ 28,90 CLIQUE AQUI !!

COMBO 8 APOSTILAS DE LÍNGUA PORTUGUESA POR APENAS r$28,90 APROVEITE!!

COMBO INSS COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$26,90. COMECE A SE PREPARAR!!!

 

 

Ex.: Ele está correndo há três horas.

Infinitivo impessoal (não flexiona o verbo): dá significado ao verbo de modo indefinido e vago. Ele deve ser usado em locuções verbais, sem sujeito definido, com sentido imperativo e etc..

Ex.: É preciso amar

Infinitivo pessoal (flexiona o verbo): Ele deve ser usado com sujeito definido, quando desejar determinar o sujeito, quando o sujeito da segunda oração for diferente e quando uma ação for correspondente.

Eu pedi para as crianças lerem mais.

Particípio: Resultado de uma ação que terminou (passado), podendo flexionar em gênero, número e grau. É usado na formação dos tempos compostos.

O João tem dormido cedo nas últimas semanas.

 

Locução verbal com verbo principal no gerúndio: estavam escrevendo

Verbo auxiliar flexionado: estavam

Verbo auxiliar “estar” na 3ª pessoa do plural do tempo passado

Verbo principal escrever no gerúndio: escrevendo

 

Locução verbal com verbo principal no infinitivo: Poderemos sair

Verbo auxiliar flexionado: poderemos

Verbo auxiliar “poder” na 1ª pessoa do plural do tempo futuro

Verbo principal no infinitivo: sair

 

Locução verbal com verbo principal no particípio: tenho decidido

Verbo auxiliar flexionado: tenho

Verbo auxiliar “ter” na 1ª pessoa do singular do tempo presente

Verbo principal “decidir” no particípio: decidido

COMBO CNU - 2024 COM 8 APOSTILAS POR APENAS R$ 29,90 - SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 BLOCO 8 INTERMEDIÁRIO. SAIA NA FRENTE!!

APOSTILA CNU - 2024 - Conhecimentos Gerais Blocos 1 ao 7 -SAIA NA FRENTE!!

5 Comentários

  1. Andreia Mattos

    Prezado Boa tarde.
    Gostaria de tirar uma dúvida com relação a seguinte frase:
    “O menino para cujo pai o diretor entregou as notas passou no vestibular”
    Ou
    “O menino a cujo pai o diretor entregou as notas passou no vestibular”
    Gostaria de saber qual das duas sentenças está correta.

    • eder carlos

      Boa tarde Andréia, vou te explicar como faço as postagens. Eu verifico em vários sites de referência o que tem sobre o assunto e faço uma postagem melhor e mais completa. Não sou conhecedor aprofundado de todos os assuntos. Deixarei sua dúvida aqui e muitas vezes outros que estão estudando acabam resolvendo.
      Abraços

    • Marcelo Fontana

      Só estou lendo esse comentário hoje, então, a resposta vai com atraso, certamente você já descobriu. Mas, vamos lá.

      Esse é um caso de colocação pronominal e regência verbal em que temos o pronome relativo “cujo”.

      Veja como é simples! 🙂

      De antemão digo que a alternativa correta é essa: “O menino a cujo pai o diretor entregou as notas passou no vestibular”

      Vamos à explicação:

      Quando vamos analisar o uso de um pronome relativo, precisamos observar os termos que o circundam. Neste caso observe o verbo “entregar” agora pergunte ao verbo.

      Quem entrega, entrega algo a alguém, e não para alguém

      Deste modo, o “a” que está antes de cujo foi o verbo “entregou” que pediu em sua regência.

      Abaixo a frase na ordem direta:

      O diretor entregou as notas ao pai do menino que / o qual / cujo passou no vestibular.

      Espero ter ajudado!

  2. victor mateus rodrigues de souza

    prezando o andre boa tarde seguinte andre tem alguns questões estilo cespe unb que cair muito isso eles colocam geralmente um pronome ou artigo e pedir pra substuir sem fazer alteração do sentido do texto original dica de concurseiro verifique que a concordancia sempre e iniciada para o menino e terminar para o pai
    “O menino a cujo pai o diretor entregou as notas passou no vestibular” quem e o diretor o qual o menino entregou a as notas a cujo pai o diretor ok… ja voce adicionar o a+o pra ver se continuar. ja essa aqui “O menino para cujo pai o diretor entregou as notas passou no vestibular”
    o para ele tem o sentido para o menino não para o diretor que e o pai .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *