Menu fechado

Estrutura e Formação das palavras – Exercícios com Gabarito

APOSTILA PARA FUNDAC- PB 2019

APOSTILA PARA MP-SP 2019

SAIBA POR QUE INDICO AS APOSTILAS OPÇÃO

Estrutura e Formação das palavras – Exercícios com Gabarito

 

QUESTÃO 1

Ano: 2017 Banca: COSEAC Órgão: UFF Prova: Técnico de Tecnologia da Informação

A palavra “repintando” traz em seu início o prefixo “re-”, que nos dá a noção de algo que se repete. Então, “repintando” significa “pintar outra vez”. A palavra abaixo formada com esse mesmo prefixo, com ideia de repetição, é:

a) retrato.

b) reabro.

c) respirar.

d) remotos.

e) recendentes.

QUESTÃO 2

Ano: 2017 Banca: FGV Órgão: ALERJ Prova: Especialista Legislativo – Registro de Debates

Duas palavras que NÃO pertencem à mesma família por não possuírem o mesmo radical são:

a) hemácia/anemia;

b) decapitar/capital;

c) cátedra/catedral;

d) animismo/desanimado;

e) depredar/pedra.

 

QUESTÃO 3

Ano: 2017 Banca: IBFC Órgão: MGS Prova: Todos os Cargos de Nível Fundamental Completo

Considere o fragmento transcrito abaixo para responder a questão seguinte.

“O jornaleiro larga sua banca na avenida Sumaré e vem ao prédio avisar-me que o jornal chegou. Os vizinhos de cima silenciam depois das dez da noite.“ (4º§)

O sufixo “-eiro”, presente em “jornaleiro” tem um significado. Assinale a alternativa em que esse sufixo tenha um valor DIFERENTE do que se observa em “jornaleiro”.

a) pedreiro.

b) açougueiro.

c) engenheiro.

d) formigueiro.

 

QUESTÃO 4

CONTINUA NA PARTE 2

RESPOSTAS E MAIS EXERCÍCIOS

Caso você queira ver o conteúdo teórico da matéria é só clicar aqui.

veja também: Estrutura e formação das palavras – Questões de concursos comentadas

Dicas importantes:

 

Sei que é difícil encontrar todos os conteúdos na internet, por isso, para garantir sua aprovação eu recomendo fazer um curso online (Gran Cursos Online) ou adquirir uma apostila (Apostilas Opção).

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba mais!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba mais! 

 

2 Comentários

  1. andrea r viana

    Por que a forma verbal “acordou” não tem desinência modo-temporal? Seria pretérito perfeito do indicativo – como amou, ficou, falou.
    06. Assinale a alternativa sem desinência modo-temporal:
    a) aplaudias;
    b) acordou;(alternativa dada como correta)
    c) faltarás;
    d) vendam;
    e) cobrasses.

    • Eder s. carlos

      Oi Andrea não sou especialista, mas achei estas duas explicações:
      A resposta correta é a alternativa B, pois o verbo ” Acordar ” no pretérito perfeito do indicativo não apresenta em todas as pessoas deste tempo , a desinência Modo-Temporal.

      ACORDOU:- ( 3a. pessoa do singular )
      — acord:—— radical
      — o ———— vogal temática
      — u ———— desinência número-pessoa.

      e
      analisando morfologicamente as formas verbais:
      APLAUDIAS: forma do verbo aplaudir do imperfeito do indicativo, na segunda pessoa do singular formada pelo radical do presente acrescida da terminação –ias
      [aplaud]radical verbal + [i]vogal temática + [a]sufixo tempo-modo + [s]desinência pessoa-número
      ACORDOU: forma do verbo acordar no perfeito do indicativo na terceira pessoa do singular
      [acord]radical verbal + [a]vogal temática + [u]desinência pessoa-número
      [acord] + ó + u
      acord[ów]
      Não há desinência tempo-modo, e o sufixo pessoa-número /u/ provoca a assimilação da vogal temática acentuada /á/ e realiza-se como glide [w] (a seqüência [ów] passa a [ó] na maioria dos {#dialectos|dialetos do português).1
      FALTARÁS: forma do verbo faltar no futuro do indicativo na segunda pessoa do singular formada pelo infinitivo impessoal seguido da desinência –ás
      [faltar]radical verbal + [a]sufixo tempo-modo + [s]sufixo pessoa-número
      VENDAM: forma do verbo vender no presente do conjuntivo na terceira pessoa plural
      [vend]radical verbal + [a]sufixo tempo-modo + [m]sufixo pessoa-número
      COBRASSES: forma do verbo cobrar no pretérito imperfeito do conjuntivo na segunda pessoa do singular
      [cobr]radical verbal + [a]vogal temática + [sse]sufixo tempo-modo + [s]sufixo pessoa-número
      Assim, apenas a forma ACORDOU não apresenta a marca de tempo-modo.
      1 O acento é usado só para indicar que a vogal é tônica. Não existe na ortografia

      Espero ter ajudado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *