Menu fechado

Domínio da estrutura morfossintática do período – Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.

APOSTILA CRM-MS 2020

APOSTILA CÂMARA DE ARACAJU-SE 2020

10 DICAS DE COMO ESTUDAR E APRENDER

10 DICAS PARA PASSAR EM UM CONCURSO PÚBLICO

COMO ESTUDAR COM SONO

Domínio da estrutura morfossintática do período

Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.

 

Período é a frase formada por uma ou mais orações, com sentido completo.

O período pode ser simples ou composto.

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Período Simples: Formado por apenas uma oração

Ex.: A noite está maravilhosa!

 

Período composto: Formado por duas ou mais orações.

Ex.: João levantou e foi para o banheiro

 

O período composto pode ser por coordenação e subordinação:

 

Período composto por coordenação: Quando as orações são independentes e tem sentido completo, porém sem relação sintática entre si.

Ex.: Os alunos discutiram o tema, escolheram o melhor e terminam o trabalho

 

Período composto por subordinação: Quando uma das orações(subordinada) depende sintaticamente da outra (principal) para fazer sentido.

Ex.: Não fui ao treino (oração principal), por que tinha aula (oração subordinada).

 

Neste artigo aprofundarei as relações de subordinação entre orações e entre termos da oração.

 

Período composto por subordinação:

 

Quando uma das orações(subordinada) depende sintaticamente da outra (principal) para fazer sentido.

Ex.: Não fui ao treino (oração principal), por que tinha aula (oração subordinada).

 

A uma oração principal pode-se ligar sintaticamente três tipos de orações subordinadas:

substantivas, adjetivas e adverbiais.

 

APOSTILA CRM-MS 2020

APOSTILA CÂMARA DE ARACAJU-SE 2020

10 DICAS DE COMO ESTUDAR E APRENDER

10 DICAS PARA PASSAR EM UM CONCURSO PÚBLICO

COMO ESTUDAR COM SONO

1 – Orações Subordinadas Substantivas:

 

As orações subordinadas substantivas normalmente são ligadas pelas conjunções integrantes “que” e “se”. Elas podem exercer nas frases funções de sujeito, objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, predicado nominal e aposto, tendo assim, a mesma função de um substantivo.

 

São seis as orações subordinadas substantivas.

 

1.1 – Oração subordinada substantiva subjetiva:

Temos duas orações onde uma é a principal e a outra que inicia com as conjunções “que” ou “se” é a oração subordinada, que desempenha a função de sujeito para a oração principal.

Sujeito: Termo com qual o verbo concorda

Para acharmos quais são as orações verificamos os verbos

Ex.:

Não era permitido que os meninos nadassem nesta piscina. (verbos permitir e nadar)

Sujeito na oração principal: Não tem

O “que” é a conjunção integrante que liga as orações.

Oração principal: “Não era permitido”

Oração subordinada substantiva subjetiva: “Que os meninos nadassem nesta piscina” (inicia sempre com a conjunção)

É subjetiva porque tem a função de sujeito da oração principal

 

1.2 – Oração subordinada substantiva objetiva Direta:

Temos duas orações onde uma é a principal e a outra que inicia com as conjunções “que” ou “se” é a oração subordinada, que desempenha a função de objeto direto para a oração principal.

Objeto direto: É um complemento verbal que, normalmente, não é acompanhado por preposição

Para acharmos quais são as orações verificamos os verbos

Todos desejamos que um dia seremos felizes (verbos desejar e ser)

Sujeito na oração principal: Todos

O “que” é a conjunção integrante que liga as orações.

Oração principal: “todos desejamos”

Oração subordinada substantiva objetiva direta: “que um dia seremos felizes” (inicia sempre com a conjunção)

O “Todos” é o sujeito da oração

O que complementa o verbo desejar é “que todos um dia seremos felizes” que tem a função de objeto direto.

 

1.3 – Oração subordinada substantiva objetiva Indireta:

Continua na parte 2

Dicas importantes:

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba porque recomendo!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba por que recomendo! 

4 Comentários

  1. Aline

    Olá, vou fazer o concurso do CRF-RS para Farmacêutico.

    Na matéria de português cairá esses assuntos: 2.1 LÍNGUA PORTUGUESA 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

    Fiquei me perguntando, não cairá acentuação gráfica, é isso mesmo? Pois acho que não se encaixa em nenhum deste tópicos.
    O que acha?
    Obrigada

    • Eder s. carlos

      Oi Aline a acentuação gráfica pode ser pedida em várias formas: acentuação gráfica, domínio da Ortografia oficial: Acentuação gráfica ou somente como domínio da ortografia oficial que englobaria tanto acentuação gráfica como emprego das letras.
      Espero ter ajudado
      Eder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *