Menu fechado

Excelência nos serviços públicos

APOSTILA PARA TODOS OS CARGOS PC-ES 2019

APOSTILA PARA TODOS OS CARGOS PREFEITURA DE CURITIBA 2019

APOSTILA PARA PROFESSOR ADJ.ED. INFANTIL SME-RJ 2019

APOSTILA PARA TODOS OS CARGOS SMS-RJ 2019

 

EXCELÊNCIA NOS SERVIÇOS PÚBLICOS

Inovações tecnológicas, tem sido determinante para o acirramento da competitividade internacional. A qualidade das instituições públicas afeta a competitividade do Brasil.

A missão do Estado é dar condições estruturais favoráveis ao desenvolvimento econômico e social.

Para fazer frente a competitividade internacional é necessário ter produtividade.

Um dos fatores que mais provoca perda de produtividade nos serviços públicos é o excesso de burocracia, que além de não impedir corrupções e fraudes, tem inibido o desempenho das empresas, motivado a sonegação fiscal e incentivado a informalidade.

Longas filas nas repartições públicas, morosidade do andamento de processos judiciais, demora na aprovação de projetos e regulamentação de leis e exigências exageradas para abertura de empresas são alguns indicadores de baixo índice de produtividade.

Agregar valor na gestão pública significa investir em projetos que aumentem a produtividade oferecendo à população um dos mais valiosos bens da atualidade – a praticidade.

A excelência dos serviços públicos, especialmente em educação e saúde, é a melhor das estratégias para reduzir a vergonhosa desigualdade social – referência maior do oceano de pobres e da ilha de ricos.

A chave da eficácia encontra-se na redução das atividades-meios e na eliminação das formalidades que não agregam valores às atividades-fins. O maior desafio da classe política e dos gestores públicos é transformar uma instituição mecânica, em orgânica. Gestão transparente, interativa e que coloque (mesmo) o cidadão em primeiro lugar – é um modelo exemplar.

Entre os seus objetivos destaque para a melhoria da qualidade, aumento da produtividade, redução do Custo Brasil, praticidade no atendimento aos cidadãos e valorização dos servidores públicos.

Somente a consolidação da cultura de responsabilidade social, que deve nortear a gestão pública.

Conforme enfatiza Augustinho Vicente Paludo, “a questão da excelência em serviços públicos está atrelada às melhorias acumuladas no decorrer do processo de modernização, à utilização de ferramentas da qualidade, à situação orçamentário-financeira do Estado para custeio da prestação dos serviços e ao padrão de relacionamento entre o Estado e a sociedade”.

 

Costuma cair em provas de concursos o Modelo de Excelência em Gestão Pública, que objetiva construir organizações públicas orientadas para resultados com foco no cidadão.

O Modelo de Excelência em Gestão Pública tem como base os princípios constitucionais da administração pública, e como pilares os fundamentos da excelência gerencial.

O Modelo de Excelência em Gestão Pública está alicerçado em padrões internacionais de qualidade de gestão, e expressa o entendimento atual sobre o “estado da arte” da gestão contemporânea.

Se constitui em representação de um sistema de gestão que atua no sentido de aumentar a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações executadas. É constituído por uma série de elementos integrados, que orientam a adoção de práticas de excelência em gestão com a finalidade de levar as organizações públicas brasileiras a padrões elevados de desempenho e de qualidade em gestão.

Fiz um resumo dele, mas sugiro que dê uma lida nele, pois como disse antes, costuma cair em concursos perguntas relacionadas a ele. modelo de excelência em gestão pública 2014

 

MODELO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO PÚBLICA

Fortalecer os sistemas de gestão da Administração Pública implica adotar práticas e tecnologias gerenciais que contribuam para a ampliação da capacidade de governança e governabilidade das suas estruturas executivas e que promovam o aprofundamento dos princípios definidos na Constituição Federal.

É fundamental respeitar o processo de aprendizagem e maturidade dos agentes públicos e da própria sociedade brasileira e buscar soluções que possam, de fato, responder aos problemas internos.

Partimos da premissa de que, enquanto as organizações do mercado são conduzidas pela
autonomia da vontade privada, os órgãos ou entidades públicos são regidos pela supremacia do interesse público e pela obrigação da continuidade da prestação do serviço público, tratando a todos igualmente e com qualidade. O tratamento diferenciado restringe-se apenas aos casos previstos em lei.

O Modelo de Excelência em Gestão Pública, referenciado nos valores e fundamentos consignados, especialmente, nas disposições da Constituição Federal Brasileira e no ordenamento legal, que orientam e delimitam as formas de funcionamento e organização da Administração Pública.

O ponto de partida da construção do Modelo de Excelência em Gestão Pública repousa sobre a premissa de que a administração pública tem que ser excelente, conciliando esse imperativo com os princípios que deve obedecer, os conceitos e a linguagem que caracterizam a natureza pública.

 

Fundamentos Constitucionais

CONTINUA NA PARTE 2

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

APOSTILA PARA FORMAÇÃO DE SARGENTO FAB 2019

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS IFPB 2019

APOSTILA PARA ASSISTENTE DE ADMINISTRAÇÃO UFAC 2019

CONFIRA AQUI AS MELHORES APOSTILAS DO MERCADO!!

8 Comentários

  1. Wilke

    Olá! Seu post foi excelente! Muito obrigado por se dedicar a compartilhar esse conteúdo tão interessante e importante! Tanto na preparação relacionada pra concurso, quanto na reflexão cidadã sobre o tema!

    Sucesso!

  2. Rita Valentim

    Excelente! Só tenho a agradecer pela generosidade de disponibilizar conteúdos tão objetivos e específicos. Muito útil. Obrigada mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *