Menu fechado

Questão 42 comentada de História IFES-2017

Questão 42 – História IFES 2017

Matéria: História

Conteúdo: O Imperialismo dos séculos XIX/ XX e a partilha da África e Ásia

Neocolonialismo

 

42. As práticas imperialistas intensificaram-se na segunda metade do século XIX, o que levou à partilha dos continentes africano e asiático. Entre as necessidades do imperialismo do século XIX, podemos destacar

a) a busca de matérias primas, de mercado consumidor e de áreas para investimentos de capitais.

b) somente a busca de matérias primas e de mercado consumidor para seus produtos.

c) a busca de matérias primas e o recrutamento de soldados para lutarem na Primeira Guerra.

d) a busca por colônias e o recrutamento de soldados para lutarem na Primeira Guerra.

e) a busca de especiarias, de mercado consumidor e de novas rotas comerciais com as Índias.

 

Comentário e resposta no final:

As práticas imperialistas do século XIX intensificaram em sua metade final, a partir dos países industrializados, especialmente a Inglaterra, e levou à partilha dos continentes africanos e asiáticos. Na mesma época, também os Estados Unidos e Japão exerceram práticas imperialistas em suas regiões América Latina e costa oriental da Ásia.

Diferentemente do colonialismo do século XVI, que a meta era as especiarias, gêneros tropicais e metais preciosos no continente americano, o neocolonialismo do século XIX necessitava de mercados consumidores de manufaturados, fornecedores de matérias-primas (ferro, cobre, petróleo, trigo, algodão, etc.), colônias para instalar parte de seu excedente populacional e novas áreas de investimento de capitais.

Com as áreas recebendo o excedente da população, e novos povos conquistados, garantiam-se os impostos e exércitos metropolitanos.

Fonte: História para o ensino médio (História geral e do Brasil) Claudio Vicentino e Gianpaolo Dorigo. Editora Scipione

 

Resposta questão 42: Letra “a”

 

IR PARA A QUESTÃO 43                   VOLTAR PARA QUESTÃO 41

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *