Menu fechado

Tag: concurso trf ES/RJ

TRF da 2ª Região (ES/RJ) 2017 – Conteúdo Programático

TRF da 2ª Região (ES/RJ) abre Concurso Público para nível médio e superior

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (ES/RJ) abre concurso para nível médio (Técnico judiciário) e nível superior (Analista judiciário) para cadastro de reserva.

Banca: CONSULPLAN Consultoria e Planejamento em Administração Pública Ltda

Edital

Provas: Provas Objetivas de múltipla escolha, de caráter habilitatório e classificatório, aplicadas a todos os cargos/áreas/especialidades.

Data da prova: Será informado a partir do dia 15 de fevereiro de 2017, no site da CONSULPLAN (www.consulplan.net). Data prevista: 5 de março de 2017

Direitos e garantias fundamentais:direitos e deveres individuais e coletivos; direitos sociais; nacionalidade e direitos políticos;partidos políticos

Direitos e garantias fundamentais:direitos e deveres individuais e coletivos; direitos sociais; nacionalidade e direitos políticos;partidos políticos

O Título II da Constituição Federal aborda sobre os Direitos e garantias fundamentais

No artigo 5º são abordados os direitos individuais e coletivos, na qual seria que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

No artigo 6º São abordados os direitos sociais propriamente ditos. São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância e a assistência aos desamparados.

No artigo 7º ao artigo 11º São relacionados os direitos sociais do trabalhador

No artigo 12º e 13º são relacionados os direitos a nacionalidade

No artigo 14º ao artigo 17º fala sobre os direitos políticos e dos partidos políticos

 

Coloquei o texto retirado direto da Constituição Federal com comentários nos itens mais relevantes.

TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I

DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS

Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:

Comentários: “A nossa Constituição protege também os estrangeiros”.

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados

Compreensão e interpretação de texto de gêneros variados

A compreensão de um texto é a análise e decodificação do que está realmente escrito nele, das frases e ideias ali presentes. Já a interpretação de texto está ligada às conclusões que podemos chegar ao conectar as ideias do texto com a realidade. É o entendimento subjetivo que o leitor teve sobre o texto.

 

Compreensão de texto

É a análise do que está escrito no texto, a compreensão das frases e ideias presentes.

A informação está presente no texto. Atenção ao que realmente esta escrito.

Não levar em consideração o que o autor quis dizer, mas sim o que ele disse; escreveu.

Trabalha com a objetividade, com as frases e palavras que estão escritas no texto.

 

Interpretação de texto

É o que podemos concluir sobre o que está escrito no texto. É o modo como interpretamos o conteúdo, concluir sobre ele, depois de estabelecer conexões entre o que está escrito e a realidade. São as conclusões que podemos tirar com base nas ideias do autor.

A informação está fora do texto, mas tem conexão com ele. É a chamada inferência textual, dedução textual. Ao ler o texto, o leitor consegue inferir, tirar conclusões a partir de ideias que foram explicitadas no texto. Basta ao leitor passar a ter a visão qualificada e apurada de, no enunciado, conseguir visualizar e identificar, qualificar, caracterizar o comando, se é de compreensão (informação que está no texto) ou de interpretação (informação que não está no texto, mas está atrelada ao texto).

Trabalha com a subjetividade, com o que você entendeu sobre o texto (dedução do leitor).

 

Como sempre digo a melhor maneira de aprender é fazendo questões de concursosGabarite o melhor site de questões da internet.

Vejamos agora os variados gêneros  existentes:

 

a) Gêneros Textuais

Muito se tem falado sobre a diferença entre “tipos textuais” e “gêneros textuais”. Alguns teóricos denominam dissertação, narração e descrição como “modos de organização textual”, diferenciando-os das nomenclaturas específicas que são consideradas “gêneros textuais”.

A fim de simplificar o entendimento de diversos estudos em torno desse assunto, foi criado o quadro abaixo, pautando-se no estudo de Luiz Antônio Marcushi.

 

* INFORMATIVOS – Modalidade  textual  usada  para fins  didáticos,  isto  é,  para  ensinar.  É muito comum  nos  livros  didáticos;  Português, História, Geografia,  Ciências,  etc.   A  sua  ênfase  está  no  conteúdo  que  se  quer  transmitir. Também é usado em jornais, revistas, TV,  e  outros  meios  de  comunicação  que  fornecem  notícias,  comunicados,  etc. Texto informativo é uma produção textual com informação sobre um determinado assunto, que tem como objetivo esclarecer uma pessoa ou conjunto de pessoas sobre essa matéria. Normalmente em prosa, o texto informativo elucida e esclarece o leitor sobre o tema em questão. Podem existir textos informativos sobre animais, com características e informações sobre os animais ou sobre doenças como a dengue. Um texto informativo sobre a dengue, por exemplo, provavelmente disponibilizará informação sobre os sintomas, tratamento e formas de prevenção. Neste último caso, estamos perante um texto informativo científico, com informações autenticadas de acordo com a ciência.

 

* PERSUASIVOS – Modalidade de texto em  que se procura  convencer  alguém  de  alguma  coisa,  isto  é,  que  o  leitor  se  deixe  influenciar  pela  sua  leitura.  Muito usado nos comerciais ( propagandas)  veiculados  em  jornais,  revistas,  TV,   rádio,  outdoors,  cartazes,  etc.

 

* LÚDICOS – Modalidade textual destinada  à distração,  ao  entretenimento.  São  geralmente  textos  literários,  como  crônicas,  contos,  novelas,  romances.  Também  as  piadas,  charges,  tirinhas,  e  outros  do  gênero,  são  considerados  lúdicos,  pois  pretendem  divertir  o  leitor.

 

b) Gêneros Discursivos

CONTINUA NA PARTE 2