Menu fechado

Avaliação de Desempenho: objetivos, métodos, vantagens e desvantagens Parte 2

APOSTILA TJ-PA 2019

NÃO PERCA!!! APOSTILAS EBSERH 2020

APOSTILA PARA PREFEITURA DE SÃO JOSÉ 2020

SAIBA POR QUE INDICO AS APOSTILAS OPÇÃO

Métodos/ tipos de avaliação

É normal as empresas terem mais de um método de avaliação de desempenho.

 

Método da Escala Gráfica.

É o método mais utilizado por ser simples e fácil de entender, mas não permite aprofundar muito.

O método consiste num formulário de dupla entrada, no qual as linhas representam os fatores que estão sendo avaliados e as colunas, os graus de avaliação.

Cada fator tem uma descrição simples e objetivas das qualidades a serem avaliadas.

Na primeira coluna fica as variáveis a serem avaliadas de maneira simples e objetiva e nas colunas seguintes ficam os valores de cada uma destas variáveis.

Ex.:

Os valores podem ser substituídos com notas de 0 a 5.

Tem uma visão geral das características que a empresa deseja e a situação de cada funcionário.

Esse método favorece o surgimento do Efeito Halo que é uma análise subjetiva das informações, levando a generalização.

 

Método Da Escolha Forçada

Consiste em avaliar o desempenho dos indivíduos mediante a escolha de frases que descrevem seu desempenho individual. O avaliador recebe formulários organizados em blocos de duas ou quatro frases. Em cada bloco, ele deve forçosamente escolher uma ou duas que melhor se aplica(m) ao desempenho do empregado avaliado.

Este método neutraliza o subjetivismo e a influência do avaliador, considerar na análise apenas o trabalho e os respectivos resultados obtidos e utilizar frases descritivas de desempenho individual para o avaliador assinalar o desempenho revelado.

Este método é mais confiável por eliminar os estereótipos.

Ele é simples e com isso, o avaliador não precisa ter muito conhecimento.

Sua elaboração é mais complexa, por isso, é bem mais demorado.

O avaliador fica sem noção sobre o resultado de seu subordinado.

 

Método de auto avaliação

Neste método o funcionário faz sua própria análise de desempenho. Este método ajuda o funcionário a desenvolver sua capacidade de autoconhecimento.

Primeiro ele responde um questionário que o faz refletir sobre seu trabalho e posteriormente ele discute com seu superior o que pode ser feito para melhorar seu desempenho.

 

Método da avaliação por resultados

Este método é muito utilizado pelas empresas que tem programas de administração por objetivos. É uma comparação entre os resultados que se espera do funcionário e resultados que ele alcançou efetivamente. Ele visa descobrir os pontos em que o funcionário precisa melhorar e reforçar os pontos em que ele está bem.

 

Pesquisa de Campo

Baseia-se no princípio da responsabilidade de linha e da função de staff no processo de avaliação de desempenho. Requer entrevistas entre um especialista em avaliação (staff) e os gerentes (linha) para, em conjunto, avaliarem o desempenho dos respectivos colaboradores.

 

Lista de Verificação

Baseado em uma relação de fatores de avaliação a serem considerados (check-list) a respeito de cada colaborador. Cada um desses fatores de desempenho recebe uma avaliação quantitativa.

 

Métodos Mistos

Empresas que são mais complexas tende a utilizar métodos variados adaptando conforme suas necessidades e objetivos.

 

Avaliação direta (90 graus)

Ela é feita pelo gestor com o auxílio do RH de forma objetiva diretamente com os colaboradores

 

Avaliação 180 graus

É um modelo mais tradicional e muito usado por grandes empresas onde o colaborador é avaliado pelo seu superior, mas em contrapartida, ele avalia o seu superior também. Isto ajuda a reduzir a rigidez da hierarquia.

 

Avaliação 360 graus

Nesta avaliação o colaborador será analisado por várias pessoas que estão ligada a ela direta ou indiretamente com seus superiores, subordinados, colegas da mesma seção entre outros.

Por ter mais fontes acabe tempo mais dados refletindo a verdade. Esta avaliação ajuda a compreensão individual e coletiva ajudando como um todo.

 

Avaliação por competências

Ela vai além do desempenho.  Os fatores considerados são conhecidos como CHA.

C – Conhecimento: aptidões cognitivas, “saber algo”.

H – Habilidade: domínio psicomotor, “saber fazer”.

A – Atitude: fator motivador, “querer fazer”.

Nesse método de avaliação leva-se em consideração tanto as competências técnicas como as comportamentais do funcionário.

 

Avaliação por indicadores

Esta avaliação reflete mais a realidade, por que utiliza não só a opinião das pessoas, mas usa dados reais. O profissional que irá fazer a avaliação deve definir quais os indicadores que a empresa está necessitando avaliar.

 

Avaliação da equipe

Avaliar a equipe serve para ajustar o desempenho do grupo e com isso, melhorando o relacionamento e fluxo de trabalho para melhorar os resultados.

 

Avaliação comportamental

Além de avaliar as competências e desempenho do funcionário, ela avalia seu perfil comportamental. Variáveis analisadas: Dominância, estabilidade, cautela e influência.

 

Avaliação por metas e objetivos

Esta avaliação é muito utilizada pelas empresas que tem como coma a administração por objetivo (APO) onde tem maior participação do chefe e sua equipe. Esta empresa substitui o processo hierárquico, onde é o chefe que define os objetivos, passa para a equipe e depois a avalia.

Nesta avaliação é a própria equipe que avalia o desempenho de seus membros e juntos tomam ações para melhorar e assim atingirem seus objetivos.

 

Avaliação baseada no custo

Avaliação que não foca o desenvolvimento de seu funcionário e sim saber se ele tem um bom custo benefício para a empresa. Normalmente usada para baixar custos ou demissões.

 

Avaliação por distribuição forçada

Os funcionários são distribuídos em categorias para ver quem deve ser promovido ou demitido. É uma avaliação superficial.

 

Incidentes críticos

Não é uma avaliação do dia a dia do funcionário e sim como ele reage a situações extremas positivas ou negativas.

 

Avaliação do líder

Ele é avaliado tanto por seus colaboradores como por seus superiores, dando uma visão geral sobre o seu desempenho.

 

Quais os indicadores que devemos avaliar?

 

Os indicadores usados vão depender do objetivo da avaliação

Assiduidade: Quem está comprometido com os horários da empresa

Produtividade: Se metas são atingidas

Satisfação no trabalho: Colaborador satisfeito produz mais e melhor.

Erros, acidentes e retrabalho: Mede a atenção do colaborador

 

 

Erros que costumam acontecer em avaliações de desempenho

 

O avaliador não explicar direito como funciona a avaliações e posteriormente dar um feedback confuso deixando o avaliado frustrado.

O avaliador analisar o colaborador somente pelo fatos ocorridos recentemente.

O avaliado não dar respostas sinceras por achar que pode prejudicar os colegas ou por medo da chefia.

Erro de contraste: Dar avaliações só positivas ou só negativas

 

Erro Efeito Horn: É quando o avaliador vê uma característica negativa na avaliação e acaba estendendo para todas as outras. Opinião pessoal.

 

Erro Efeito Halo: É quando o avaliador vê uma característica positiva na avaliação e acaba estendendo para todas as outras. Opinião pessoal.

 

Erro de Recenticidade: O avaliador só lembra dos resultados das avaliações mais recente.

 

Erro de Tendência Central: O avaliador avalia pela média, ou seja, nem muito alta e nem muito baixa. O avaliador faz assim para não prejudicar o avaliado ou no caso de nota alta ter que apresentar justificativas.

 

Erro de Leniência ou complacência: É quando o avaliador acha que todas as pessoas são boas e com isso, tem a tendência de dar muitas avaliações positivas.

 

Erro de Fadiga ou Rotina: Quando o avaliador tem muitas avaliações para fazer acaba ficando cansado e perde a qualidade na análise.  

 

Erro de tendência, semelhança ou identificação: Ele avalia favoravelmente as pessoas que se parecem com ele a nível de valores e ou características profissionais.

 

Erro de Primeira Impressão ou Avaliação Congelada: Independente se o avaliado melhore ou piores, o avaliador não muda sua primeira opinião que tem dele.

Dicas importantes:

 

Sei que é difícil encontrar todos os conteúdos na internet, por isso, para garantir sua aprovação eu recomendo fazer um curso online (Gran Cursos Online) ou adquirir uma apostila (Apostilas Opção).

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba mais!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba mais! 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *