Menu fechado

Tag: Banco Central do Brasil

O debate sobre os depósitos remunerados dos bancos comerciais no Banco Central do Brasil

O debate sobre os depósitos remunerados dos bancos comerciais no Banco Central do Brasil

 

Obs.: Quando o edital do Banco do Brasil, foi divulgado, esta Lei ainda não tinha sido sancionada, por isso, pode cair no concurso dizendo que ainda não foi sancionada ou fazendo pergunta sobre a PL 3.877/ 2020, então tenha atenção na hora de interpretar a questão.

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Mercado financeiro e seus desdobramentos (mercados monetário, de crédito, de capitais e cambial) Parte 3

Operadores supervisionados pelo Banco Central:

 

Bancos e caixas econômicas:

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Banco (Instituição financeira)

Banco é a instituição financeira especializada em intermediar o dinheiro entre poupadores e aqueles que precisam de empréstimos, além de custodiar (guardar) esse dinheiro. Ele providencia serviços financeiros para os clientes (saques, empréstimos, investimentos, entre outros).

Os bancos são supervisionados pelo Banco Central (BC), que trabalha para que as regras e regulações do Sistema Financeiro Nacional (SFN) sejam seguidas por eles.

Banco Central do Brasil

BANCO CENTRAL DO BRASIL

 

O Banco Central do Brasil (BC/ BCB/ Bacen) foi criado pela Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964. É o principal executor das orientações do Conselho Monetário Nacional (CMN) e responsável por garantir o poder de compra da moeda nacional.

 

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

O Banco Central exerce papel estratégico no equilíbrio dos mercados financeiros ao interferir na oferta e demanda por moeda.

COPOM: O Comitê de Política Monetária (Copom) é o órgão do Banco Central, formado pelo seu Presidente e diretores, que define, a cada 45 dias, a taxa básica de juros da economia – a Selic. O objetivo principal do Copom é assegurar a estabilidade do poder de compra da moeda.

 

Objetivos do Banco Central:

  • Zelar pela adequada liquidez da economia;
  • Manter as reservas internacionais em nível adequado;
  • Estimular a formação de poupança;
  • Zelar pela estabilidade e promover o permanente aperfeiçoamento do sistema financeiro.

 

Atribuições do Banco Central:

  • Emitir moeda-papel e moeda metálica, nas condições e limites autorizados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN);
  • Executar os serviços do meio circulante (gerenciamento) para garantir, à população, o fornecimento adequado de dinheiro em espécie;
  • Receber recolhimentos compulsórios e voluntários das instituições financeiras e bancárias;
  • Realizar operações de redesconto e empréstimo às instituições financeiras;
  • Regular a execução dos serviços de compensação de cheques e outros papéis;
  • Efetuar operações de compra e venda de títulos públicos federais;
  • Exercer o controle de crédito;
  • Exercer a fiscalização das instituições financeiras;
  • Autorizar o funcionamento das instituições financeiras;
  • Estabelecer as condições para o exercício de quaisquer cargos de direção nas instituições financeiras; É competência privativa do Banco Central do Brasil autorizar as instituições financeiras a alienar ou, de alguma outra forma, transferir o seu controle acionário.
  • Vigiar a interferência de outras empresas nos mercados financeiros e de capitais e controlar o fluxo de capitais estrangeiros no país.

 

Os produtos e serviços bancários, oferecidos pelos bancos comerciais, são objeto de regulação do Banco Central do Brasil (BACEN)

O Banco Central do Brasil atua como provedor de serviços de liquidação, operando o Sistema de Transferência de Reservas, no qual ocorre a liquidação final de todas as obrigações financeiras do Sistema Financeiro Nacional.

Sua sede fica em Brasília, capital do País, e tem representações nas capitais dos Estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará.

fonte: Banco central

Para completar seus estudos veja também: Instituições do Sistema Financeiro Nacional — tipos, finalidades e atuação.