Menu fechado

Teoria dos conjuntos: as relações de pertinência, inclusão e igualdade

APOSTILA DO MPU 2018 ESPECIALIDADE ADMINISTRAÇÃO

APOSTILA PARA TODOS OS CARGOS LIQUIGÁS 2018

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS CONCURSO ADAF-AM 2018

Teoria dos conjuntos: as relações de pertinência, inclusão e igualdade

Relação de pertinência

Imagine um conjunto A cujo seus elementos são os números naturais menores que 10:

A = {0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9}

–> O número natural 3 pertence ao conjunto A;

–> O número natural 35 não pertence ao conjunto B.

Então, a relação entre um elemento e um conjunto é denominado de relação de pertinência.

Para indicar se um elemento pertence a um conjunto, usamos o seguinte símbolo ∈ (lê-se: Pertence), e para indicar se um elemento não pertence a um conjunto, usamos o seguinte símbolo ∉ (lê-se: Não Pertence).

–> 3 ∈ A (3 pertence a A)

–> 35 ∉ A (35 não pertence a A)

Outro exemplo:

Dado o conjunto A = {-8, -4, -2, 0, 1, 2, 3}, podemos dizer que – 4 ∈ A ( – 4 pertence a A) e que 5 ∉ A ( 5 não pertence a A)

Relação de inclusão

Relação de inclusão é quando todos os elementos de um determinado conjunto pertencem ou não a um outro conjunto. Essa relação é indicada  pelos seguintes símbolos:

⊂ → lê-se: está contido

⊃ → lê-se: contém

⊄ → lê-se: não está contido

⊅ → lê-se: não contém

Para entendermos melhor, darei alguns exemplos para melhor compreensão.

Exemplo 01

Considere os conjuntos abaixo:

A = {1, 2, 3}

B = {1, 2, 3, 4, 5}

temos:

1 ∈ A    e    1 ∈ B

2 ∈ A    e   2 ∈ B

3 ∈ A    e   3 ∈ B

Perceba que, todos os elementos do conjunto A também pertencem ao conjunto B, então podemos afirmar que A está contido em B, podendo ser indicado da seguinte maneira: A ⊂ B. E se A ⊂ B, podemos também dizer que B contém A, podendo ser indicado da seguinte maneira: B ⊃ A.

Exemplo 02

Agora considere os seguintes conjuntos abaixo:

A = {0, 1, 2, 3}

B = {1, 2, 3, 4}

temos:

0 ∈ A    e   0 ∉ B

1 ∈ A    e   1 ∈ B

2 ∈ A    e   2 ∈ B

3 ∈ A    e   3 ∈ B

Perceba que, nem todos os elementos do conjunto A pertence ao conjunto B. Então podemos dizer que A não está contido em B, podendo ser indicado da seguinte maneira: A ⊄ B. Logo, B não contem A, que também é indicado por B ⊅ A.

Então:

APOSTILA DO MPU 2018 ESPECIALIDADE ADMINISTRAÇÃO

APOSTILAS PARA TODOS OS CARGOS CONCURSO ADAF-AM 2018

APOSTILA BNB 2018 ANALISTA BANCÁRIO

Quando todos os elementos do conjunto A também pertencem B, dizemos que A está contido em B, ou A é subconjunto de B, ou A é parte de B. Também dizemos que B contem A.

Quando nem os elementos do conjunto A pertencem a B, dizemos que A não está contido em B. Também dizemos que B não contem A.

É importante sabermos que:

Todo subconjunto é subconjunto de si mesmo, ou seja, A ⊂ A.

O conjunto vazio é subconjunto de qualquer conjunto, ou seja, Ø ⊂ A, qualquer que seja o conjunto A.

Exemplo 03

Dado o conjunto A = {a, e, i}, podemos obter os seguintes subconjuntos de A:

subconjunto sem elementos: Ø;

subconjunto com um elemento: {a}, {e}, {i};

subconjunto com dois elemento: {a, e}, {a, i}, {e, i};

subconjunto com três elemento: {a, e, i};

Então, os subconjuntos de A são: {a}, {e}, {i}, {a, e}, {a, i}, {e, i}, {a, e, i}.

Relação de igualdade

Dizemos que dois ou mais conjuntos são iguais, quando todos possuem o mesmo elemento. Você irá entender melhor com o exemplo abaixo.

Dado dois conjuntos A e B, cujo seus elementos são:

A = {c, a, r l, o, s}

B = {a, r, c, s, l, o}

Observe que os elementos de A e B são o mesmo, então podemos afirmar que o conjunto A é igual ao conjunto B.

Então, dois ou mais conjuntos são iguais quando possuem os mesmos elementos.

Para indicar se um conjunto é igual ou diferente do outro, utilizamos os seguintes símbolos:

= (lê-se igual)

≠ (lê-se diferente)

Exemplos:

A = {c, a, r l, o, s}

B = {a, r, c, s, l, o}

C = {1, 2, 3, 4, 5}

D = {5, 4, 3, 2, 1}

Podemos afirmar que:

A = B ==> (lê-se: A igual B)

C = D ==> (lê-se: C igual D)

A ≠ C ==> (lê-se: A diferente de C)

B ≠ D ==> (lê-se: B diferente de D)

Fonte: Matemática na web

Representação por diagramas: Diagramas de Venn (Diagramas Lógicos)

Teoria dos conjuntos

Números inteiros

Teoria dos conjuntos

APOSTILA PARA SOLDADO DA PM-SP 2018

APOSTILA DO MPU 2018 ESPECIALIDADE ADMINISTRAÇÃO

CONFIRA AQUI AS MELHORES APOSTILAS DO MERCADO!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *