Menu fechado

Negação de proposições Parte 2

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PREPARATÓRIA BANCO DO BRASIL

APOSTILAS PARA O CONCURSO DA CÂMARA DE IMPERATRIZ - MA

Solução:

1.Nega-se a primeira parte (~p) = João não é médico;

2.Nega-se a segunda parte (~q) = Pedro não é dentista;

3.Troca-se E por OU, e o resultado final será o seguinte:

JOÃO NÃO É MÉDICO OU PEDRO NÃO É DENTISTA.

Negação de uma Proposição Conjuntiva

Traduzindo para a linguagem da lógica, dizemos que:

~(p ∧q) = ~p V ~q

Como fomos chegar à essa conclusão?

 

~p V ~q
F F
V V
V V
V V

 

Negação de uma Proposição Disjuntiva

 

Para negar uma proposição no formato de disjunção (p ou q), faremos o seguinte: 1.Negaremos a primeira parte (~p);

2.Negaremos a segunda parte (~q);

3.Trocaremos ou por e.

Exemplo: a questão dirá: “Não é verdade que Pedro é dentista ou Paulo é engenheiro”, e pedirá que encontremos, entre as opções de resposta, aquela frase que seja logicamente equivalente a esta fornecida.

Solução:

1.Nega-se a primeira parte (~p) = Pedro não é dentista;

2.Nega-se a segunda parte (~q) = Paulo não é engenheiro;

3.Troca-se OU por E, e o resultado final será o seguinte:

PEDRO NÃO É DENTISTA E PAULO NÃO É ENGENHEIRO.

 

Negação de uma Proposição Disjuntiva

Traduzindo para a linguagem da lógica, dizemos que:

~(p ∧ q)= ~p v ~q

APOSTILAS OPÇÃO - O CONTEÚDO CERTO PARA SUA APROVAÇÃO

CONCURSO PC-DF 2020 SAIU O EDITAL!

APOSTILA PREPARATÓRIA BANCO DO BRASIL

APOSTILAS PARA O CONCURSO DA CÂMARA DE IMPERATRIZ - MA

Como fomos chegar à essa conclusão?

~(p ∧ q) ~p v ~q
F F
F F
F F
V V

 

Negação de uma Proposição Condicional

 

Para negar uma proposição no formato condicional (p  q), faremos o seguinte:

1.Mantém-se a primeira parte (p); E

2.Nega-se a segunda parte (~q).

Exemplo: Como fica a negativa de “se chover então levarei o guarda-chuva”.

Solução:

1.Mantém-se a primeira parte (p) = Chove;

2.Nega-se a segunda parte (~q) = Não levo o guarda-chuva;

CHOVE E NÃO LEVO O GUARDA-CHUVA.

 

Negação de uma Proposição Condicional

Traduzindo para a linguagem da lógica, dizemos que:

~(p→ q) = p ∧~q

Na sequência, apresento duas tabelas que trazem um resumo das relações vistas até o momento.

Vejamos:

Estrutura Lógica É verdade quando É falso quando
p ∧ q p e q são, ambos, verdade um dos dois for falso
p V q um dos dois for verdade p e q, ambos, são falsos
p → q Nos demais casos p é verdade e q é falso
p↔q p e q tiverem valores lógicos iguais p e q tiverem valores lógicos diferentes
~p p é falso p é verdade

 

Negativa das proposições compostas:

Negativa de (p e q) ~p  ou ~q
Negativa de (p ou q) ~p  e ~q
Negativa de (p → q) p e ~q
Negativa de (p↔q) [(p e ~q) ou (q e ~p)]

 

Fonte: INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Docente: Cleone Silva de Lima

E você, qual o concurso você vai fazer? Deixe um comentário para mim, pois posso fazer postagens direcionadas para ele e te ajudar mais. Aproveita também para inscrever seu e-mail para receber conteúdos todos os dias.

Dica: Para você que não esta encontrando o conteúdo que precisa ou prefere estudar por apostilas dá uma olhada no site Apostilas Opção, lá eles tem praticamente todas as apostilas atualizadas de todos os concursos abertos. Caso queira saber por que indico as Apostilas Opção clique aqui!

Para completar seus estudos sobre os conceitos básicos de raciocínio lógico eu sugiro os links abaixo:

proposições; proposições simples; proposições compostas;valores lógicos das proposições; sentenças abertas; tabela verdade, número de linhas da tabela verdade; conectivos lógicos;  Negações de proposições. Lógica sentencial (ou proposicional)

Dicas importantes:

 

Gran Curso Online: Milhares de videoaulas e PDF. 230 mil questões de concursos e com mais de 650 mil aprovados. Saiba porque recomendo!

 

Apostilas Opção: 26 anos no mercado, produzindo apostilas completas e atualizadas. Saiba por que recomendo! 

7 Comentários

        • eder carlos

          Oi Paulo, está matéria foi desenvolvida pela professora Cleone da IFRN e confesso que raciocínio lógico não é o meu forte. Poderia explicar exatamente a maneira correta, que aí fica mais fácil para eu conferir e caso você esteja correto eu altero a postagem.
          Agradeço muito a sua atenção, pois são pessoas como você que deixam o site cada vez melhor.

  1. Isadora

    Depois de procurar isso em várioos sites, finalmente consegui entender o conteúdo. Resumido, bem explicado. Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *