Menu fechado

Emprego do sinal indicativo de crase

A ortografia oficial de uma língua é o conjunto de regras e padrões que definem a forma correta de escrita das palavras (emprego das letras), bem como o uso correto dos sinais de acentuação, emprego do sinal indicativo de crase e dos sinais de pontuação.

Nesta postagem veremos o emprego do sinal indicativo de crase e no final dela tem links para as postagens sobre emprego das letras, emprego dos sinais de acentuaçãopontuação

Emprego do sinal indicativo de crase

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

 

CRASE

Compreensão e interpretação de textos (Complemento)

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados

A compreensão de um texto é fazer uma análise objetiva do texto. É verificar o que realmente está escrito nele. Já a interpretação de texto imagina o que as ideias do texto tem a ver com a realidade.

O leitor tira conclusões subjetivas do texto.

 

Se preferir o vídeo abaixo tem a postagem em vídeo e áudio:

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados

Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados

A compreensão de um texto é fazer uma análise objetiva do texto. É verificar o que realmente está escrito nele. Já a interpretação de texto imagina o que as ideias do texto tem a ver com a realidade.

O leitor tira conclusões subjetivas do texto.

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

Compreensão de textos

ESTE ARTIGO FOI TRANSFERIDO PARA MEU NOVO BLOG MÉTODO CONCURSOS. PARA ACESSAR CLIQUE AQUI!!

Administração pública: princípios básicos

Administração pública: conceito e princípios

Administração Pública: Conceito

A Administração Pública se encontra inserida no Poder Executivo e se trata de um objeto do Direito Administrativo, podendo ser considerada tanto sob o ângulo funcional quanto sob o ângulo organizacional.

No ângulo funcional significa o conjunto de atividades do Estado que auxiliam as instituições políticas de cúpula no exercício de funções de governo, que organizam a realização das finalidades públicas postas por tais instituições e que produzem serviços, bens e utilidades para a população.

Domínio dos mecanismos de coesão textual – Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e outros elementos de sequenciação textual; emprego/ correlação de tempos e modos verbais

Domínio dos mecanismos de coesão textual: Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual

Mecanismos de coesão textual

Dentro de um texto são usadas palavras que se relacionam para dar sentido a ele. Esta relação entre as palavras que é feita através de preposições, conjunções, pronomes, advérbios e locuções verbais é chamado de coesão textual.

Caso preferir, no vídeo abaixo tem esta postagem em áudio e vídeo

A coesão textual trata a articulação entre as partes do texto. É a articulação entre as palavras, períodos e parágrafos.

Aplicações de biotecnologia na produção de alimentos, fármacos e componentes biológicos

Biotecnologia

Atualmente, os meios de comunicação têm divulgado inúmeras descobertas atribuídas ao uso de tecnologias avançadas associadas à biotecnologia. Alimentos transgênicos, modificados geneticamente, clonagem e tantas outras descobertas associadas ao tema predispõe a cada dia a necessidade de se saber pelo menos do que se trata essa tal biotecnologia.

A Biotecnologia apresenta várias definições de acordo com o olhar a ela lançado, mas de uma forma bem simples, é um conjunto multidisciplinar de conhecimentos que visa o desenvolvimento de métodos, técnicas e meios associados a seres vivos, macro e microscópicos, que originem produtos úteis e contribuam para a resolução de problemas.

Matrizes, determinantes e sistemas lineares

Matrizes, determinantes e sistemas lineares

 

Matrizes e Determinantes I

Matriz de ordem m x n : Para os nossos propósitos, podemos considerar uma matriz como sendo uma tabela retangular de números reais (ou complexos) dispostos em m linhas e ncolunas. Diz-se então que a matriz tem ordem m x n (lê-se: ordem m por n)

Exemplos:

A = ( 1 0 2 -4 5) ® Uma linha e cinco colunas ( matriz de ordem 1 por 5 ou 1 x 5)

Descontos: Conceito; Desconto simples (ou bancário ou comercial); Desconto composto

Desconto: Conceito, Desconto simples (ou bancário ou comercial); Desconto composto.

 Um pequeno resumo teórico para ter uma ideia geral retirado do Blog Milton Borba

DESCONTOS

São juros recebidos (devolvidos) ou concedidos quando o pagamento de um título é antecipado.

ESTE ARTIGO FOI TRANSFERIDO PARA MEU NOVO BLOG MATÉRIAS PARA CONCURSOS, PARA CONFERIR CLIQUE AQUI!! 

Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios

GOVERNO, ESTADO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

 

conceitos

 

Conceito de Estado

O conceito de Estado varia segundo o ângulo em que é considerado:

I – corporação territorial dotada de um poder de mando originário;

II – comunidade de homens, fixada sobre um território com poder de mando, ação e coerção;

III – pessoa jurídica territorial soberana;

IV – pessoa jurídica de direito público interno;

ESTE ARTIGO FOI TRANSFERIDO PARA MEU NOVO BLOG MATÉRIAS PARA CONCURSOS, PARA CONFERIR CLIQUE AQUI!!

IFMS 2016 – Conteúdo Programático

IFES

 

 

 

 

Concurso Público IFMS 2016

Página do concurso

Edital

Inscrição até 07/08/2016

Data provável da prova: 04/09/2016

Cargo: Técnico-administrativo

Conteúdo Programático:

CONTEÚDOS COMUNS A TODOS OS CARGOS TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS NÍVEL SUPERIOR – CLASSE “E” E NÍVEL INTERMEDIÁRIO – CLASSE “D”:

LÍNGUA PORTUGUESA:

Textualidade: interpretação;

recursos estilísticos (ou figuras de linguagem).

Coesão e coerência.

Norma padrão e variantes linguísticas.

Ortografia: uso dos acentos gráficos.

Uso do sinal indicativo de crase.

Morfologia: classes gramaticais e processos de flexão das palavras.

Sintaxe:

de regência verbal e nominal;

de concordância verbal e nominal;

de colocação.

Uso dos sinais de pontuação.

Semântica:

sinonímia, antonímia, homonímia, paronímia;

polissemia (denotação e conotação).

Normas técnicas de redação oficial.

Obs. Serão cobradas as alterações promovidas pelo novo Acordo Ortográfico.

Números relativos inteiros e fracionários, operações e propriedades.

Números relativos inteiros e fracionários, operações e propriedades.

Potenciação e radiciação está no final da postagem.

NÚMEROS INTEIROS RELATIVOS

INTRODUÇÃO:

Observe que, no conjunto dos números naturais, a operação de subtração nem sempre é possível.

exemplos:

a) 5 – 3 = 2 (possível: 2 é um número natural)
b) 9 – 9 = 0 ( possível: 0 é um número natural)
c) 3 – 5 = ? ( impossível nos números naturais)

Para tonar sempre possível a subtração, foi criado o conjunto dos números inteiros relativos,

-1, -2, -3,………

lê-se: menos um ou 1 negativo
lê-se: menos dois ou dois negativo
lê-se: menos três ou três negativo

Reunindo os números negativos, o zero e os números positivos, formamos o conjunto dos numeros inteiros relativos, que será representado por Z.

Z = { …..-3, -2, -1, 0, +1, +2, +3,……}

Importante: os números inteiros positivos podem ser indicados sem o sinal de +.

exemplo

a) +7 = 7
b) +2 = 2
c) +13 = 13
d) +45 = 45

Sendo que o zero não é positivo nem negativo

EXERCÍCIOS

1) Observe os números e diga:

-15, +6, -1, 0, +54, +12, -93, -8, +23, -72, +72

a) Quais os números inteiros negativos?
R: -15,-1,-93,-8,-72